Harry Potter

Edição portuguesa de “Harry Potter and the Cursed Child” sai em setembro

A versão portuguesa da peça de teatro escrita por Jack Throne será publicada em Portugal pela Presença, a 24 de setembro. A tradução é de Marta Fernandes e Helena Sobral.

A peça está atualmente em exibição no Palace Theatre, em Londres

ANDY RAIN/EPA

A versão portuguesa do guião de Harry Potter and the Cursed Child, a peça de teatro escrita pelo argumentista Jack Thorne com base numa história original escrita por ele, por John Tiffany e por J.K. Rowling, será editada a 24 de setembro, anunciou esta segunda-feira a Editorial Presença.

Harry Potter and the Cursed Child (em português, Harry Potter e a Criança Amaldiçoada) foi traduzido por Marta Fernandes e Helena Sobral e surge dezanove anos depois da primeira aventura escrita por J.K. Rowling, Harry Potter e a Pedra Filosofal. De acordo com a editora, a publicação da “edição especial do guião da peça de teatro, em Portugal,” irá proporcionar “a leitura da oitava história de Harry Potter a todos os fãs portugueses que não tenham a possibilidade de ver a peça”, que está em exibição no Palace Theatre, em Londres.

HP e a Criança Amaldiçoada capa

A versão inglesa do livro saiu a 31 de julho, data em que se assinalou o aniversário de Harry Potter

A peça segue a história de Harry Potter, já adulto, e pai de três filhos, dois deles em idade escolar. Se “foi sempre difícil ser Harry Potter, não é mais fácil agora que ele se tornou num muito atarefado funcionário do Ministério da Magia, casado e pai de três crianças em idade escolar”, lê-se no mesmo comunicado.

“Enquanto Harry Potter luta com um passado que se recusa a ficar para trás, o seu filho mais novo, Albus, tem de se debater com o peso de um legado familiar que nunca desejou, e quando o passado e o presente se cruzam, pai e filho confrontam-se com uma desconfortável verdade: por vezes as trevas vêm de lugares inesperados”.

A edição que será lançada pela Presença é apenas uma versão provisória do guião. No decorrer do próximo ano, será publicada uma versão definitiva, com todas as alterações que entretanto foram feitas por Jack Thorne desde que a peça estreou Palace Theatre.

O Observador contactou a Editorial Presença no sentido de saber se essa versão será também publicada em Portugal. Até ao momento, não obteve resposta.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: rcipriano@observador.pt
IAVE

Errare humanum est… exceto para o IAVE!

Luís Filipe Santos

É grave tal atitude e incompreensível este silêncio do IAVE. Efetivamente, o que sempre se escreveu nos anos anteriores neste contexto foi o que consta na Informação-Prova de História A para 2018.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)