Se existe um local para ignorar o dress code e quebrar formalismos, é a passadeira vermelha dos MTV Video Music Awards. Esta não é só a última oportunidade para as divas do pop e os mestres do hip-hop darem que falar pelo melhor que fizeram ao longo do ano como ainda é a altura ideal para abusar de vestidos curtos, tops atrevidos e saias coloridas na red carpet. Mas, pelo segundo ano consecutivo, as estrelas optaram por escolhas sóbrias com silhuetas demasiado formais para enfrentar as altas temperaturas que se faziam sentir no Madison Square Garden, em Nova Iorque.

Enquanto Britney Spears dançou com uma cobra em 2001, Beyoncé vestiu-se de anjo (com direito a asas e tudo) em 2016. Um risco, igualmente histórico, assinado pelo designer Francesco Scognamiglio que podia garantir-lhe um lugar na lista das mais mal vestidas não fossem as suas 11 nomeações salvarem-na de tal estatuto. A mulher de Jay-Z pisou a passadeira vermelha ao lado da filha Blue Ivy Carter, de 4 anos, e ambas brilharam em joias Lorraine Schwartz.

https://twitter.com/CGBPosts/status/770037188641886208

Hailey Baldwin e Kim Kardashian West trouxeram a sensualidade de volta à 33ª edição da cerimónia com dois looks estrategicamente transparentes. Ficaram a faltar acessórios mais sofisticados para dar elegância ao coordenado. Já Nicki Minaj apostou (e bem) num longo vestido azul elétrico em conjunto com brincos Harry Kotlar e um anel Le Vian. A evolução do estilo da rapper não tem passado despercebido e há até quem já faça comparações com a sua transformação de 2011 a 2016.

https://twitter.com/musicnews_minaj/status/770055469331341312

Mas a cerimónia, realizada na madrugada desta segunda-feira, também teve os seus derrotados. A cantora Tinashe optou por um conjunto com as proporções erradas para os seus 1,65 metros de altura. As duas peças e o lenço para usar no pescoço do autor Juan Carlos Obando reservaram-lhe um lugar na lista das piores vestidas. Pelo mesmo caminho seguiu Alicia Keys e Rita Ora com looks desapropriados para a ocasião.

Reunimos os grandes vencedores (e derrotados) da passadeira vermelha em fotogaleria. Do melhor ao pior.