Dado a conhecer no já distante ano de 2002, o BMW Z4 acaba de despedir-se dos muitos fãs que reuniu ao longo de quase 15 anos de existência, com a produção, na fábrica de Ratisbona, na Baviera, da última unidade da sua segunda geração.

A despedida, noticia a publicação alemã “Bimmer Today”, aconteceu no passado dia 22 de Agosto, quase sete anos e meio depois do lançamento da actual geração, com a saída da linha de montagem de um Z4 3.5is sDrive de cor “Laranja Valência”.

Apesar do já expectável desalento que a notícia certamente provocará junto da enorme falange de adeptos deste roadster alemão, é também certo que o modelo não terá sucessor imediato.

Segundo as últimas notícias, o novo rival de modelos como o Mercedes SLC ou o Audi TT só deverá surgir lá mais para diante, em 2018, resultado dos esforços (e dinheiro) não apenas da BMW, mas também da Toyota.

O projecto, que no caso da Toyota dará origem ao futuro Supra, tem vindo a ser desenvolvido pelas duas companhias há cerca de três anos, falando-se igualmente na possibilidade de ambos os modelos – ‘Z5’ e Supra – virem a contar com versões híbridas.