Não gosta de acordar ao som do despertador? Mas adora o cheiro a café logo pela manhã? Então Guillaume Rolland inventou o despertador indicado para si: o Sensorwake, que acaba de ser apresentado na IFA, a feira de tecnologia de Berlim.

Este relógio despertador, inventado por uma empresa francesa, funciona como uma típica máquina de café. Para que o acorde de manhã, deve ser introduzida uma cápsula dentro da máquina e o odor começa a difundir-se à hora marcada.

A princípio o cheiro é suave e vai aumentando de intensidade de forma gradual ao longo de três minutos, para que o acordar seja progressivo.

Rolland afirma que o cheiro será suficientemente intenso para acordar, mas “de bom humor e com o seu aroma favorito”.

Até agora existem sete essências disponíveis: o cheiro a croissants, torradas, café, menta, relva, chocolate e a beira-mar.

As cápsulas usadas dão para “30 acordares” e são 100% recicláveis, informa o site do Sensorwake.

Caso não acorde com o cheiro e não desligue o despertador, uma melodia começa a tocar ao fim de três minutos.

O relógio está à venda por 99 euros e cada cápsula de cheiros custa cinco euros. Embora tenha começado por existir apenas em França — podia ser vendido para fora através do site –, o Sensorwake pretende expandir-se para a Alemanha, Suíça e Londres.