Depois da Topshop anunciar que se prepara para inaugurar uma loja já este ano no Centro Comercial Colombo, em Lisboa (cuja abertura está significativamente atrasada em relação ao previsto), chegou a vez da Brandy Melville. “A marca de roupa preferida das adolescentes dos Estados Unidos vai abrir a primeira loja em Lisboa no final de setembro ou início de outubro”, confirma Rafael Portugal, gerente da loja portuguesa, em primeira mão ao Observador.

O número 43 da Praça Luís de Camões é a localização perfeita para atrair os jovens dos 15 aos 19 anos que andam muito pelo Bairro Alto e representam o público-alvo da Brandy Melville”, refere o responsável.

O espaço “com quase 300 metros quadrados” já se encontra em remodelações desde o ano passado e fica no centro da capital, mesmo ao lado da Padaria Portuguesa do Chiado. Durante as próximas semanas, a loja vai ser decorada com madeira ao estilo californiano — tal como acontece nas lojas de Londres, Barcelona, Viena e Paris — enquanto os responsáveis formam a equipa de funcionários.

Em entrevista ao Observador, Rafael Portugal adiantou que a data de abertura oficial vai ser divulgada “apenas com uma semana de antecedência” uma vez que a marca não aposta na publicidade direta. Aposta, isso sim, no marketing através das redes sociais como o Instagram onde a página portuguesa já acumula mais de quatro mil seguidores e a internacional soma quase quatro milhões. A boa notícia é que a loja vai estar aberta todos os dias das 10h30 às 20h/21h.

11136628_824344050976720_918463488205830433_n

Este é o aspeto da decoração de uma típica loja Brandy Melville onde só vai encontrar etiquetas com um tamanho único, correspondente ao XS e S (foto: DR).

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Brandy Melville? O que é isso?

É uma marca de roupa feminina, fundada e criada em Itália por Silvio Marsan e o seu filho Stephan, que só ganhou popularidade quando abriu a primeira loja em Westwood, Los Angeles em 2009. Uma mudança que não só acrescentou ao nome da marca o acrónimo “USA” (e o logótipo do coração cor-de-rosa) como ainda revolucionou a moda Brandy Melville. “A casa começou a ficar conhecida pelo seu estilo californiano e o sucesso da marca triplicou”, afirma Rafael Portugal.

Atualmente, o público-alvo da Brandy Melville centra-se nos jovens dos 15 aos 19 anos que gostem de vestir crop tops, calções de cintura subida e sweaters largos com frases como “Los Angeles”, “Beverly Hills” ou “California”. As peças favoritas dos clientes são os básicos — cujos preços médios rondam dos 12€ (no caso dos tops) e os 44€ (no caso de calças de ganga).

No entanto, a marca também é fortemente criticada por só vender um tamanho único pequeno, sempre correspondente ao XS ou S. Uma comunicação arriscada que faz da Brandy Melville, segundo o Huffington Post, a casa favorita dos adolescentes “small” e “one size” que normalmente vestem o 32 ou 34. A exceção vem na forma das oversized sweaters que podem ser usadas por clientes que vistam o M ou o número 36.

Uma polémica que parece não incomodar os jovens portugueses que, cansados de navegar pela loja online que não faz entregas para Portugal, chegaram a criar petições para trazer a marca a Portugal. Um pequeno fator que contribuiu para que Rafael Portugal e colegas entrassem em contacto com os diretores da marca para propor a ideia.

Analisámos a possibilidade durante mais de um ano e, depois de encontrarmos um espaço em novembro de 2015, decidimos abrir no coração de Lisboa porque a cidade espelha a personalidade da marca”, explica o gerente da loja portuguesa que nos últimos sete anos trabalhou na Brandy Melville em Espanha e Itália.

View this post on Instagram

#brandyportugal #lisboa

A post shared by Brandy Melville Portugal (@brandymelvilleportugal) on

Para celebrar a chegada da marca a Portugal, reunimos em fotogaleria as melhores campanhas retro da marca onde não faltam raparigas com estilo para dar e vender.