436kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Eclipse. O "anel de fogo" que fez sombra à Terra

Este artigo tem mais de 5 anos

Durou 3 minutos e 6 segundos e deixou à vista o "anel de fogo". A Lua passou em frente ao Sol e deu um espetáculo natural raro aos habitantes do continente africano e do Oceano Índico.

16 fotos

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Quem vive em África e nas ilhas do Oceano Índico teve, esta quinta-feira, a oportunidade de assistir a um espetáculo natural único: o eclipse solar anular. Trata-se de um fenómeno relativamente raro, que acontece quando a Lua se alinha entre a Terra e o Sol, tapando a estrela. A grande diferença entre este fenómeno e os eclipses totais é que a Lua não ocupa toda a área do Sol, deixando visível uma espécie de “anel de fogo” à sua volta.

A ilha de Reunião foi um dos locais onde mais pessoas se juntaram para observar o fenómeno — fica mesmo no caminho da zona central da sombra do eclipse, onde foi possível observar o anel. Lá, milhares de pessoas reuniram-se, com aparelhos mais ou menos artesanais, para tentar a melhor imagem do “anel de fogo”. Mas também um pouco por todo o continente africano os olhares voltaram-se para o céu. Vários utilizadores das redes sociais partilharam imagens de como viram o eclipse a partir do local onde se encontravam. Veja tudo na nossa fotogaleria em cima.

Como mostra uma animação divulgada pela NASA, a zona de sombra causada pelo eclipse passou apenas pelo continente africano e pelo Oceano Índico, e a zona em que o eclipse foi visível na forma anular (o ponto vermelho ao centro da região de sombra) passou por países como a República Democrática do Congo, Ruanda, Moçambique, Tanzânia, Madagáscar e a ilha de Reunião:

Eclipse

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Um vídeo captado por uma utilizadora do Twitter mostra de forma bem clara como a Lua se sobrepôs ao Sol, deixando visível o “anel de fogo” e escurecendo rapidamente toda a região:

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.