Dark Mode 193kWh poupados com o Asset 1
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Eclipse. O "anel de fogo" que fez sombra à Terra

Este artigo tem mais de 4 anos

Durou 3 minutos e 6 segundos e deixou à vista o "anel de fogo". A Lua passou em frente ao Sol e deu um espetáculo natural raro aos habitantes do continente africano e do Oceano Índico.

16 fotos

Quem vive em África e nas ilhas do Oceano Índico teve, esta quinta-feira, a oportunidade de assistir a um espetáculo natural único: o eclipse solar anular. Trata-se de um fenómeno relativamente raro, que acontece quando a Lua se alinha entre a Terra e o Sol, tapando a estrela. A grande diferença entre este fenómeno e os eclipses totais é que a Lua não ocupa toda a área do Sol, deixando visível uma espécie de “anel de fogo” à sua volta.

A ilha de Reunião foi um dos locais onde mais pessoas se juntaram para observar o fenómeno — fica mesmo no caminho da zona central da sombra do eclipse, onde foi possível observar o anel. Lá, milhares de pessoas reuniram-se, com aparelhos mais ou menos artesanais, para tentar a melhor imagem do “anel de fogo”. Mas também um pouco por todo o continente africano os olhares voltaram-se para o céu. Vários utilizadores das redes sociais partilharam imagens de como viram o eclipse a partir do local onde se encontravam. Veja tudo na nossa fotogaleria em cima.

Como mostra uma animação divulgada pela NASA, a zona de sombra causada pelo eclipse passou apenas pelo continente africano e pelo Oceano Índico, e a zona em que o eclipse foi visível na forma anular (o ponto vermelho ao centro da região de sombra) passou por países como a República Democrática do Congo, Ruanda, Moçambique, Tanzânia, Madagáscar e a ilha de Reunião:

Eclipse

Um vídeo captado por uma utilizadora do Twitter mostra de forma bem clara como a Lua se sobrepôs ao Sol, deixando visível o “anel de fogo” e escurecendo rapidamente toda a região:

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.