A fabricante aeronáutica brasileira Embraer anunciou esta sexta-feira que vai vender até cinco jatos E190 à chinesa Colorful Guizhou Airlines e dois jatos executivos leves Phenom 300 à Colorful Yunnan General Aviation Co., Ltd., também da China.

O acordo com a Colorful Guizhou Airlines inclui “dois pedidos firmes e três direitos de compra”, sendo que “o contrato tem valor estimado de 249 milhões de dólares [223,2 milhões de euros], a preço de lista, caso todos os diretos de compra sejam exercidos”, segundo um comunicado da empresa.

Os dois aviões serão entregues em 2017, informou a fabricante brasileira.

Em junho de 2015, a Colorful Guizhou Airlines assinou um contrato firme para sete E190 e quatro já foram entregues.

“Com base no desempenho operacional dos aviões nos últimos oito meses, ficamos satisfeitos por ter escolhido o E190”, disse Zhai Yan, presidente da Colorful Guizhou Airlines, citado no comunicado da Embraer.

“A Embraer lidera há alguns anos o mercado de aviação regional na China com uma participação de mais de 80%”, segundo o comunicado da empresa.

Na nota lê-se ainda que a fabricante aeronáutica “alcançou 228 pedidos firmes na China, incluindo 190 aviões comerciais, 21 dos quais ainda estão pendentes de aprovação governamental, e 38 jatos executivos”, sendo que “até o momento, 168 aviões já foram entregues”:

“A Embraer é líder mundial na fabricação de jatos comerciais com até 130 assentos”, destacou ainda.

Noutro comunicado, a empresa brasileira deu conta da assinatura de “um pedido firme para dois jatos executivos leves Phenom 300” por parte da Colorful Yunnan General Aviation Co., Ltd., e adiantou que os aviões estão programados para serem entregues até ao final do ano, sem revelar o valor do negócio.

Tang Xuefan, presidente da Colorful Yunnan General Aviation Co., Ltd. e do Grupo Yunnan Airport, afirmou que a encomenda é apenas o começo de uma relação profícua para ambas as partes, segundo a nota da gigante brasileira.

O Phenom 300 está em operação em 30 países e, atualmente, a frota global acumula mais de 300 mil horas de voo.