O incêndio que lavra em Monchique, no Algarve, desde sábado, entrou, na madrugada desta segunda-feira, em fase de resolução. De acordo com a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), a combater as chamas na localidade de Fóia estão ainda 292 operacionais e 96 meios terrestres.

O fogo, que arde desde as 17h08 de sábado, obrigou, na tarde de domingo, à deslocação de várias pessoas idosas e com mobilidade reduzida, que foram colocadas em casa de familiares como medida de precaução, já que o avançar das chamas causava alguma preocupação, explicou na altura à Lusa o comandante operacional dos bombeiros do Algarve, Richard Marques.

O incêndio acabaria por ser dominado pelas 19h30 deste domingo.

O suspeito de ter ateado o fogo será presente esta segunda-feira em tribunal. O homem te 48 anos.

Pelas 7h25 desta segunda-feira, a ANPC não destacava qualquer ocorrência importante — fogos com duração superior a três horas e com mais de 15 meios de proteção e socorro envolvidos. Ao todo, no país, há 29 incêndios ativos. Estão a combater as chamas 830 operacionais, com o apoio de 265 viaturas.