A Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) condenou, por unanimidade, a estação televisiva TVI pelo famoso rodapé que anunciava o fecho iminente do Banif, banco que viria a ser alvo de uma resolução alguns dias depois. A decisão ainda não foi divulgada formalmente — apenas é público que houve uma deliberação final a 31 de agosto — mas o Negócios avança que a TVI foi condenada e terá de transmitir, em direto, as conclusões do regulador.

Houve uma deliberação preliminar que obriga a estação de Queluz de Baixo a transmitir, em horário nobre, um bloco em que serão exibidas as conclusões do regulador. Segundo o Negócios, esta decisão foi tornada definitiva na reunião da ERC de 31 de agosto e o regulador irá reprovar a TVI por não ter contactado todas as partes envolvidas antes de avançar com a notícia.

Uma das partes que não terão sido contactadas foi o próprio Banif, que segundo os responsáveis do banco (extinto) terão sido surpreendidos pela notícia, avançada num rodapé durante um programa de debate futebolístico. Ainda assim, no parlamento, Sérgio Figueiredo, diretor da TVI, garantiu que a estação avançou com “informação suficiente, credível e verdadeira”. O diretor da TVI, contactado para a notícia do Negócios, não adiantou comentários porque a condenação ainda não lhe foi comunicada.