Dylan Araújo da Silva, o militar dos Comandos internado este domingo por um “golpe de calor”, foi transferido do Hospital do Barreiro para o Hospital Curry Cabral por ter entrado em “falência hepática”. De acordo com a nota enviada à comunicação social, o soldado apresentava até agora um progresso no estado de saúde, mas o agravamento dos problemas no fígado obrigaram a esta transferência.

Neste momento há mais três militares do Exército internados no Hospital das Forças Armadas. Um desses soldados encontra-se estável, mas os outros dois ainda estão a ser assistidos na “unidade de tratamentos intensivos, diagnosticado com golpe de calor”. Há ainda um quarto militar internado no Hospital da Cruz Vermelha Portuguesa que, embora estável, está a ser assistido por complicações das funções renais e por destruição das fibras musculares.

Estas notícias surgem três dias depois da morte de Hugo Abreu, um furriel de 20 anos que morreu depois de um “golpe de calor” que conduziu a uma paragem cardiorrespiratória. Hugo foi assistido na enfermaria em Alcochete a seguir a uma instrução onde apresentou sintomas de indisposição. O seu estado de saúde piorou a seguir ao jantar. Perdeu a vida ainda antes de ser transferido para o hospital.