Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

#HiddleSwiftIsOver. Eis a hashtag que, nas últimas 48 horas, invadiu o Twitter sem aviso e fez da relação de três meses de Taylor Swift com Tom Hiddleston o fim de namoro mais mediático de 2016. Segundo a revista Us Weekly, o ator britânico queria o namoro mais público e a cantora americana queria ser discreta. No entanto, a separação “amigável” do casal que se conheceu na gala do Museu Metropolitano de Nova Iorque, em maio, até podia ter passado despercebida… não fosse a ter-se tornado alvo fácil das redes sociais.

Tudo porque Taylor Swift tem sido uma presença assídua dos tablóides desde a sua polémica com Kanye West (e respetiva esposa Kim Kardashian), Katy Perry e o ex-namorado DJ Calvin Harris com quem terminou duas semanas antes de ter sido fotografada aos beijos com Tom Hiddleston. Desde aí, todo o clã têm difamado publicamente a autora de Bad Blood pela sua personalidade e caráter.

Sei que já terminaste a digressão e que precisas de arranjar alguém para destruir e assim continuar a ser falada, como fizeste com a Katy, mas eu não vou ser essa pessoa. Desculpa. Não o vou permitir. Por favor, foca-te nos aspetos positivos da tua vida”, escreveu Calvin Harris no Twitter, acusando Taylor Swift de destruir a sua imagem e usar as suas músicas para fazer-se de vítima.

Razões que explicam porque é que a Internet não descansou até parodiar a breve relação do casal “HiddleSwift”. “A bateria do meu telemóvel dura muito mais do que as relações de Taylor Swift. O Tom era demasiado bom para ela”, escreveu uma seguidora no Twitter. “#HiddleSwiftIsOver porque o Tom finalmente percebeu que estava a namorar uma jovem de 26 anos que emocionalmente tem 12”, mencionou outra referindo-se aos desentendimentos que a cantora já teve com ex-namorados como Harry Styles, Taylor Lautner, John Mayer, Joe Jonas e Jake Gyllenhaal.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Da hipotética reação de Kim Kardashian à de Calvin Harris, reunimos em fotogaleria as paródias mais hilariantes do fim da relação de três meses de Taylor Swift com Tom Hiddleston.