O Presidente da Síria, Bashar al-Assad, prometeu recuperar o controlo de todo o território, horas antes da entrada em vigor de uma trégua acordada entre os Estados Unidos e a Rússia.

“O Estado sírio está determinado a retomar aos terroristas todas as regiões e a restabelecer a segurança”, disse Assad aos meios de comunicação oficiais durante uma visita ao antigo bastião rebelde de Daraya, perto de Damasco.

“As Forças Armadas prosseguem o seu trabalho, persistentemente e sem hesitações, independentemente de circunstâncias internas ou externas”, disse.

Assad participou na celebração do feriado muçulmano Eid al-Adha em Daraya, localidade que esteve anos cercada pelas forças do regime e foi recuperada depois de um acordo com os rebeldes, alcançado no final de agosto.

“Depois de cinco anos, algumas pessoas ainda não acordaram das suas fantasias”, disse Assad, referindo-se aos protestos antigovernamentais de 2011.

“Alguns apostavam nas promessas de potências estrangeiras, que não vão dar em nada”, disse.

Assad, vários dirigentes do seu partido Baas, ministros e deputados assistiram à oração do Eid al Adhana mesquita de Saad Bin Moaz.

O ‘mufti’ que presidiu à oração disse que Daraya é um exemplo para a Síria, “a prova viva para todos os sírios de que a única opção é a reconciliação e o abandono dos combates”.