O secretário-geral do PS encerra em Coimbra, no sábado, a ‘rentrée’ política dos socialistas, discurso que será antecedido por debates sobre as desigualdades em que participam a dirigente bloquista Mariana Mortágua e o ministro das Finanças.

Ao longo dos dois dias de sessões, com início na sexta-feira à noite, no Convento de São Francisco, além de Mário Centeno e da deputada do Bloco de Esquerda Mariana Mortágua, passam também pela iniciativa dos socialistas várias personalidades independentes, caso do economista Eugénio Rosa.

A ‘rentrée’ política do PS abre na sexta-feira, pelas 21:00, com um debate sobre a desigualdade, em que será projetado o filme “Inequality for all”, de Jacob Kornbluth, comentado pelo professor universitário norte-americano, Robert Reich, democrata e crítico do capitalismo sem regulação.

Este filme será depois apresentado pelo membro do Secretariado Nacional do PS e docente universitário Rui Pena Pires, sendo comentado pelos também professores universitários Pedro Adão e Silva e João Teixeira Lopes.

Na manhã de sábado, a intervenção de fundo de abertura estará a cargo do líder parlamentar e presidente do PS, Carlos César, após os discursos de boas-vindas a cargo do líder da federação de Coimbra, Pedro Coimbra, e do presidente da Câmara da cidade, Manuel Machado.

Segue-se um debate sobre políticas públicas de desenvolvimento territorial, com a presença do secretário de Estado Adjunto e do Ambiente José Mendes, de Sidónio Pardal (urbanista) e do diretor do gabinete de estudos do PS, João Tiago Silveira.

Ainda antes de almoço, haverá um novo debate, este sobre “a diplomacia das cidades”, com intervenção do professor universitário Luís Moita.

Na parte da tarde, na conferência vai discutir-se a situação na União Europeia, com uma intervenção do antigo comissário europeu António Vitorino, e a promoção da igualdade social.

O secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Pedro Nuno Santos, é depois o moderador do painel intitulado “As esquerdas e a desigualdade”, tema em que haverá intervenções da dirigente do Bloco de Esquerda Mariana Mortágua, do economista Eugénio Rosa, e do porta-voz socialista João Galamba.

Antes da sessão de encerramento, na qual também fará um breve discurso o presidente honorário do PS, António Arnaut, o último painel da ‘rentrée’ dos socialistas será dedicado à questão das políticas públicas de igualdade, sendo moderado pelo antigo porta-voz e ministro socialista Paulo Pedroso.

Este debate terá a participação do secretário de Estado do Emprego, Miguel Cabrita, do ministro das Finanças, Mário Centeno, do secretário de Estado da Educação, João Costa, e da secretária regional da Solidariedade Social, Andreia Cardoso Costa.