Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Quantas vezes não preferiu sufocar debaixo dos lençóis do que ser mordido pelo mosquito que sobrevoa o seu quarto? Contra todas as expectativas, o entomólogo Justin Schmidt fez precisamente o contrário: a fim de poder avaliar as picadas dos insetos, Schmidt pôs a pele ao dispor dos bichos da natureza e tentou descrever todas, desde as mais leves às mais infernais.

Depois de muitas experiências, o cientista desvendou o “índice de Schmidt”, onde nivela a dor das picadas do inseto entre zero e quatro. Uma pista: o mosquito que o atazanou esta noite nem sequer consta na lista.

Conheça as dores mais suaves e as mais dilacerantes na fotogaleria, onde lhe mostramos os insetos mais cruéis à face da Terra, de acordo com Justin Schmidt.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR