A polícia holandesa será a primeira do mundo a utilizar águias para derrubar ‘drones’ (aparelhos não tripulados) em pleno voo, após ter submetido as aves a treinos, divulgou hoje o portal de notícias DutchNews.

Apesar de as aves pertencerem a uma empresa privada, a polícia prevê começar a utilizar as suas próprias aves a partir do próximo verão.

As forças de segurança começaram a treinar as aves em janeiro, apesar das reservas de vários especialistas em bem-estar dos animais que advertiam que as águias podiam sofrer ferimentos nas garras durante as operações.

Um porta-voz da polícia assegurou ao diário NRC que as aves utilizadas não ficaram feridas, até à data, mas salientou que usavam proteções nas garras.

A decisão foi tomada face à preocupação pelo risco crescente de que aparelhos voadores não tripulados possam colidir com meios aéreos como helicópteros de resgate, ou entrem em espaços não autorizados, como zonas próximas de aeroportos.