Durante, e depois, do lançamento do novo iPhone foram inúmeras as piadas e as críticas de que a Apple foi alvo. A maior foi sobre a retirada da entrada para os auriculares tradicionais, que geraram inúmeras graças sobre os novos fones sem fios da marca da maçã. Com tanta controvérsia em torno do iPhone 7 e 7 Plus, muitas pessoas começaram a duvidar se este seria, ou não, um sucesso de vendas. Mas, ao que tudo indica, vai ser (mais) um sucesso.

A apresentação dos novos aparelhos decorreu no dia 9 de setembro e, no dia seguinte, já se podiam encontrar alguns fãs da marca acampados à porta do cubo de vidro da 5ª Avenida. A loja da Apple, em Nova Iorque, conta agora com uma fila que se faz notar na rua e, alguns lugares estão até para venda. Harvard Zhang, estagiário da Bloomberg, reparou na fila e decidiu partilhar no Twitter o estado atual da mesma:

O mais fascinante no meio disto tudo é que o lugar na fila de espera para um novo aparelho da Apple pode mesmo ser um negócio para alguns. Pelo que Zhang conta, o último lugar da fila estava à venda por 300 dólares (aproximadamente 266€), e ainda incluía a cadeira com proteção contra o sol e chuva. Uma verdadeira oportunidade de saldos!

Mas há quem vá mais longe. O 11º lugar da fila de espera estava também para venda, o ocupante pedia 3 mil dólares (aproximadamente 2668€) mas também um emprego (a cadeira com proteção contra o sol e chuva eram oferta dele). Ou seja, além dinheiro exigia-se ainda um contrato de trabalho.

Com esta fila, e com tanto negócio envolvido, alguns podem pensar que o lançamento oficial do novo smartphone da empresa de Tim Cook será esta noite, mas não. Decorre apenas na próxima sexta-feira, dia 16 de setembro, em simultâneo numa série de países, entre os quais Portugal.

Texto editado por: Filomena Martins