Foi detido o presumível autor do sequestro de uma criança de sete anos de idade, ocorrido no passado dia 8 de setembro em Braga. Segundo um comunicado de imprensa enviado às redações, a Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Braga, deteve um jovem de 18 anos que já foi presente a tribunal e que pode ser condenado por sequestro agravado devido à idade da criança.

Tudo aconteceu no passado dia 8, quando sem motivo aparente o suspeito agarrou a criança pela mão e levou-a contra a sua vontade. Ao que tudo indica, o sequestro ocorreu no bairro de residência da criança de sexo masculino e não é certo que ambos se conheçam.

A falta da criança foi rapidamente notada por familiares e amigos que a localizaram num espaço de largos minutos, junto a um estabelecimento da cadeia de supermercados Continente. Na sequência do sequestro, o presumível sequestrador foi agredido por populares e deu entrada no hospital com ferimentos graves.

Por enquanto desconhece-se o motivo que terá levado ao sequestro, mas segundo o Observador conseguiu apurar o rapaz de 18 anos estava sob o efeito de substâncias. E ao contrário do que se pensou inicialmente, não houve qualquer tipo de práticas sexuais entre os dois intervenientes.

O detido foi presente às autoridades judiciárias, sendo aplicadas as medidas de coação de apresentações periódicas e proibição de contactos e frequência de determinados locais.