Não é um truque de magia: é antes uma ilusão ótica, um deslize a que o nosso sistema visual está exposto para nos fazer crer numa coisa que não é tão clara como parece. Um exemplo? Há doze círculos negros nesta imagem, mas ninguém os consegue ver todos ao mesmo tempo. Não, não somos nós que o estamos a enganar: é a sua mente que o está a baralhar. Veja a imagem aqui em baixo para acreditar.

pontos

Se o desafiássemos a contar todos os pontos negros que surgem nesta grelha de riscas cinzentas, era bem capaz de acreditar que isto não é uma imagem, mas antes um vídeo. A única maneira de chegar aos número 12 – sim, garantimos que são doze pontos – é tapar parte da imagem e contar porção a porção. Mas não se preocupe: o seu cérebro está saudável. Só precisa de uma pequena ajuda.

Foi J. Ninio que criou esta imagem, batizada de “Ilusão da Extinção”. Diz ele que isso acontece porque o cérebro humano “nos engana ao criar padrões de acordo com a visualização inicial”, como se a imagem estivesse em movimento. De trocar os olhos, não é?