Gin Tasting & Spirits

17 de setembro

O que é? Apresenta-se como o grande evento dedicado ao gin. Desta vez, porém, a bebida à qual normalmente se acrescenta água tónica e botânicos vai fazer-se acompanhar de outras espirituosas, desde o uísque ao vodca, passando pelo rum e vinho do Porto. Verdade que o verbo “beber” é palavra de ordem neste evento, mas não é motivo para fechar os olhos (e restantes sentidos) aos workshops, masterclassses, harmonizações com sushi e atuações de DJ que completam o programa paralelo.
Quem vai lá estar? São mais de 60 as marcas que vão estar representadas, além da presença de conceituados mixologistas que, de copo na mão, prometem mostrar as combinações arrojadas que andamos a perder. E, a julgar pelas iniciativas anteriores, é possível que uns bons milhares de pessoas rumem em direção ao Gin Tasting.
Onde é? EPor falar em direção, convém saber onde tudo acontece: falamos da Casa Serralves, um dos centros nevrálgicos da cultura portuense que, ao que parece, também se sabe dedicar aos copos bem servidos. É de apontar na agenda e de olhar para o relógio, com o evento a realizar-se entre as 15h00 e as 21h30.
Quanto custa? Bilhetes comprados até esta sexta-feira, dia 16, custam 15€ por pessoa; já no próprio dia são 20 euros. Mais informações seguem neste link.

Juniper Tree, Gin, Strawberry, Sunset,

O Gin Tasting & Spirits apresenta-se como “o grande evento dedicado ao gin”. (foto: iStock)

Jantar Dia do Vinho Verde

18 de setembro

O que é? É um jantar comemorativo da publicação da Carta de Lei de 18 de setembro de 1908 que demarca a Região dos Vinhos Verdes e é, ao mesmo tempo, a cerimónia de entrega de prémios da IX edição do Concurso de Vinhos Verdes & Gastronomia. O jantar, esse, é composto por vários momentos de degustação da autoria de chefs portugueses já premiados no respetivo concurso.
Quem vai lá estar? Chefs de vários restaurantes (destacam-se o Antiqvvm, Rib e Wish, do Porto) e tantos outros produtores dedicados ao vinho verde que participaram no concurso.
Onde é? O jantar acontece na Casa da Música, no Porto.
Quanto custa? O jantar está aberto ao público em geral e custa 35€ por pessoa, mediante inscrição prévia até dia 16 de setembro.

Lisbon Beer Week

18 a 25 de setembro

O que é? É a primeira edição de um festival composto por três eventos: a Beer Mile, a Rota das Cervejas e o Festival da Cerveja.
Quem vai lá estar? A Lisbon Beer Week é organizada por vários cervejeiros artesanais da cidade e vai contar com 12 marcas, das quais 10 são nacionais.
Onde é? Se por um lado a rota das cervejas invade alguns restaurantes da capital, que se comprometem a fazer menus de degustação de fazer brilhar a bebida, por outro o Festival da Cerveja tem lugar cativo no Jardim do Torel entre 23 e 25 de setembro — no festival é possível provar mais de 30 rótulos de cerveja artesanal, ouvir música e tirar a barriga de misérias nas food trucks disponíveis. A corrida de 1,6 quilómetros faz-se de copo na mão e acontece a 25 de setembro, sendo que o ponto de partida é a Praça Martim Moniz.
Quanto custa? Um só copo, à venda por três euros, serve de “entrada” em todas as atividades: Beer Mile, Rotas das Cervejas e no próprio festival. Mais informações aqui.

Pub, Vibrant Color, Backdrop, Retro Styled, Large Group of Objects, Group of Objects, Rustic, Lager, Copy Space, Frothy Drink, Gold Colored, Brewery, Drinking Glass, Refreshment, Backgrounds, Cold - Temperature, Dark, Yellow, Black Color, Old-fashioned, Pint Glass, Macro, Close-up, Directly Above, Liquid, Bar - Drink Establishment, Barrel, Beer - Alcohol, Alcohol, Drink, Mug, Table,

Entre 18 e 25 de setembro, Lisboa recebe um autêntico três em um de cerveja artesanal. (foto: iStock)

Sofitel Wine Days

22 de setembro a 31 de outubro

O que é? Trata-se de um programa de provas comentadas e acompanhadas por produtores nacionais, que acontecem todas as quintas-feiras do mês de outubro. Antes, a 22 de setembro, acontece o evento de apresentação. Paralelamente, o chef Daniel Schlaipfer, do restaurante AdLib, vai preparar um menu de harmonização com os vinhos do produtor em destaque — a cada um é dedicada uma semana que culmina no dia das provas privadas, a acontecer a partir das 19h00.
Quem vai lá estar? Vão orientar as provas nomes como Francisca Van Zeller, Thomas de Lima Mayer ou Nuno Cancela de Abreu.
Onde é? No restaurante AdLib, do hotel Sofitel Lisbon Liberdade, na Avenida da Liberdade.
Quanto custa? Cada prova privada custa 12€ por pessoa, sendo que o menu no restaurante AdLib tem o valor de 45€ por pessoa (inclui vinhos).

Sunset Wine Party no The Yeatman

29 de setembro

O que é? É a última Sunset Party no The Yeatman deste verão. A despedida da estação faz-se com vinhos portugueses, petiscos e música, das 19h à 01h, com vista privilegiada para o rio Douro.
Quem vai lá estar? Mais de 20 produtores nacionais vão dar um ar de sua graça no evento, entre os quais João Portugal Ramos, Quinta do Crasto e Herdade do Mouchão — apesar de o evento ser no norte do país, diferentes regiões produtoras de vinho vão ser (bem) representadas. Ao todo são cerca de 50 vinhos em prova, sem contar com os pratos frios e quentes do chef Ricardo Costa.
Onde é? Esta é fácil, até porque o nome do evento já deixa antever a respetiva morada. Mas convém lembrar que o The Yeatman é um hotel vínico à maneira em Gaia com direito a estrela Michelin no respetivo restaurante.
Quanto custa? A entrada tem um custo de 65€ por pessoa, mas há um desconto de 5€ caso se faça acompanhar de um grupo de oito pessoas ou mais. E sim, a reserva é obrigatória e pode ser feita aqui.

The Yeatman_Sunset Wine Party (1)

O cenário que se pode esperar encontrar numa festa sunset no The Yeatman.
(foto: DR)

Encontro com o Vinho e Sabores da Bairrada

30 de setembro a 2 de outubro

O que é? A feira dedica-se a promover o que de melhor se bebe e se come na Bairrada, essa terra de vinhos (e da predominante casta baga) e berço de espumantes. São três dias de eventos — durante os quais acontecem três provas de vinho comentadas por críticos da Revista de Vinhos — e dois jantares temáticos, daqueles de encher a barriga e de hibernar por mais.
Quem vai lá estar? Um conjunto de produtores da Bairrada vínica, desde Mário Sérgio da pequena mas incontornável Quinta das Bageiras ao enólogo Luís Pato, também conhecido por Mister Baga.
Onde é? O evento vai acontecer no Velódromo Nacional – Centro de Alto Rendimento de Sangalhos, no concelho de Anadia, que vai ter as portas abertas entre as 17h00 e as 22h00, na sexta-feira, as 15h00 e as 22h00, no sábado, e as 15h00 e as 20h00, no domingo.
Quanto custa? Certo que a entrada no velódromo é livre, mas qual é a piada de percorrer stands sem poder bebericar um pouco de vinho? O copo, que pode ser adquirido logo à entrada, custa apenas 3€ e vem acompanhado de uma bolsa que, tal como poderá constatar, ser-lhe-á muito útil. Caso queira provar vinhos garantidamente bons enquanto ouve os críticos já referidos, terá de pagar 10€ e 20€ para as provas comentadas de sábado e domingo, respetivamente. E cada refeição tem o valor de 35€ por pessoa.

Pôr-do-sol na Herdade do Esporão

Até 1 de outubro, todas as sextas e sábados

O que é? No fundo é um convívio com a promessa de vinho, gastronomia e música. Tudo isto sob a luz cintilante de um pôr-de-sol, com vista para os hectares aparentemente infinitos de vinhas.
Quem vai lá estar? Provavelmente os nomes por detrás do conceito Esporão e, tendo em conta o sucesso de outras iniciativas com a assinatura da herdade, muitos e bons enófilos.
Onde é? O nome diz tudo e, verdade seja dita, a herdade que José Roquette e Joaquim Bandeira fundaram em 1973 dispensa apresentações. Mas caso precise de um incentivo extra, fique a saber que esta já foi considerada uma das 100 melhores adegas do mundo.
Quanto custa? Não há consumo obrigatório, mas é provável que seja difícil dizer que não ao pão alentejano (2€), à tábua de queijos e carnes curadas (8,5€) ou ao tártaro de novilho com cebola e raiz de aipo (8€). Isto para não falar na lista de vinhos em cima da mesa, desde o já tradicional Monte Velho, tinto ou branco, ao Verdelho colheita de 2014.

Petiscos

Vinhos do Esporão e petiscos ao pôr-do-sol é o que propõe este evento. (foto: D.R)

Vinipax

6 a 9 de outubro

O que é? Esta mostra de vinhos começou em 2007 e atualmente é considerada a maior a realizar-se no sul do país.
Quem vai lá estar? São esperados 50 produtores que vão trazer consigo vinhos alentejanos, mas também algarvios e ainda espanhóis, provenientes da Extremadura.
Onde é? O evento acontece no Parque de Feiras e Exposições de Beja e acontece em simultâneo com a feira RuralBeja. Assim, será possível provar vinhos entre as 17h00 e as 21h00, na quinta-feira, as 15h00 e as 21h00, no sábado, as 14h00 e as 22h00, no sábado, e as 14h00 e as 19h00, no domingo.
Quanto custa? O copo que permite provar qualquer vinho dentro do recinto custa 3€.

Sommelier Wine Market

8 de outubro

O que é? É o primeiro mercado de vinhos organizado em parceria com os escanções portugueses, que aqui têm uma dupla missão: dar a conhecer vinhos de alguns dos melhores produtores nacionais e promover a aproximação entre sommeliers (palavra francesa para escanção) e os respetivos clientes. E onde há stands de vinhos, há também workshops e provas.
Quem vai lá estar? Vão marcar presença cerca de 50 produtores e respetivos vinhos, mas também um conjunto de escanções que vão acompanhar tanto as provas como os workshops.
Onde é? O Sommelier Wine Market realiza-se no Espaço Amoreiras, na rua D. João V, em Lisboa, de portas abertas entre as 11h00 e as 20h30.
Quanto custa? A entrada custa 10€, sendo que 6€ funcionam como vale de compras dado que, à semelhança de outras feiras, é possível comprar vinho diretamente aos produtores. Os workshops, esses, têm um valor de 20€ (compra antecipada até dia 7) e 25€ (compra no próprio dia).

Grande Prova Mediterrânica de Azeites e Vinhos do Alentejo

14 e 15 de outubro

O que é? É mais uma feira, desta vez com enfoque nos vinhos e azeites provenientes da região dos montados e dos sobreiros, que pretende aproximar os produtores do cliente final. Onde há provas há também os tradicionais workshops, harmonizações, seminários e música ao vivo. É organizada pela Comissão Vitivinícola Regional Alentejana e pela Casa do Azeite e já vai na oitava edição.
Quem vai lá estar? São esperados cerca de 100 produtores de vinho e azeite, sendo que no ano passado estiveram em exposição 40 azeites e 400 vinhos. Números redondos e simpáticos.
Onde é? Como de costume, o evento acontece no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.
Quanto custa? A entrada tem o valor de 3€ por pessoa.

Alentejo em Lx 15 (162)

Registo de uma edição anterior do evento. (foto: © Fabrice Demoulin)

Wine in Azores

21 a 23 de outubro

O que é? Não só é um dos maiores festivais de vinho a nível nacional, como é também uma ótima oportunidade para ficar ocorrente dos vinhos e produtos produzidos no arquipélago (a ilha do Pico é a que mais tem contribuído para a causa vínica). Além de provas há os habituais showcookings com o contributo de nomes como Henrique Sá Pessoa, Hélio Loureiro e António Loureiro, e outras tantas degustações.
Quem vai lá estar? Só no ano passado o festival recebeu mais de 13 mil visitantes e mais de 100 expositores. Em 2016, esperam-se cerca de 170 empresas com direito a 220 stands e uma fasquia de visitantes a roçar o número bem redondo de 20 mil.
Onde é? A oitava edição da feira acontece no Parque de Exposições de Associação de Agricultores de São Miguel, na Ribeira Grande, em São Miguel, das 15h30 às 00h00.
Quanto custa? O valor de entrada é de 5€ por dia e por pessoa.

Mercado de Vinhos

28 a 30 de outubro

O que é? Demos folga a touros e toureiros para receber na Praça de Touros do Campo Pequeno centenas e centenas de vinhos de cunho nacional.
Quem vai lá estar? O tema desta edição, à semelhança de anos anteriores, assenta nos pequenos produtores, cujos vinhos não estão, por norma, distribuídos nas grandes superfícies. Ao todo são 120 produtores de diferentes regiões do país — Douro, Dão, Alentejo, Península de Setúbal, Vinhos Verdes, Lisboa, Tejo, Algarve e Açores –, sendo que haverá também doçaria, queijos e enchidos dignos de provar.
Onde é? Já desvendámos o mistério, mas o que não dissemos foi que para chegar à Praça de Touros basta apanhar um táxi, o metro, o autocarro ou levar o carro para o estacionamento de 1500 lugares.
Quanto é? A partir 3 euros, sem copo.

Encontro com o Vinho e Sabores

11 a 14 de novembro

O que é? Este ano é a 17º edição daquele que é tido como o maior e mais antigo evento vínico e gastronómico realizado em solo nacional. Além do Pavilhão de Vinhos, onde pode provar inúmeros néctares, a feira vai apostar num mercado de vinhos onde será possível comprar os seus rótulos preferidos. Ao todo, existem 12 provas comentadas, tal como aquela apresentada pelo enólogo Jorge Moreira, a que se dedica a explorar os vinhos de talha do Alentejo, outra dedicada aos vinhos da Madeira e ainda a que incide sobre o espanhol Vega Sicilia, uma espécie de Barca Velha lá do sítio. Há ainda um espaço dedicado ao gin e a bebidas destiladas e um pavilhão só para a gastronomia.
Quem vai lá estar? Está sentado? Esperemos que sim, é que na feira vão estar cerca de 450 produtores. Sim, quatrocentos e cinquenta. Isso e vários stands para encher a barriga.
Onde é? À semelhança de anos anteriores, a feira vai ocupar o Centro de Congressos de Lisboa (antiga FIL).
Quanto custa? O preço de entrada é de 10€ por pessoa e inclui, como de costume, um copo para provar os vinhos que desejar. As provas comentadas custam entre 30 e 35€, mediante inscrição prévia (o bilhete da prova inclui entrada na feira).

Adegga WineMarket Lisboa

1 de dezembro

O que é? É um dos mercados com o cunho da rede social de vinhos Adegga, que durante o resto do ano acontecem no Porto, no Algarve, em Berlim e em Estocolmo, e que promove uma convidativa proximidade entre produtores e consumidores. À entrada é dada uma lista com os produtores e respetivos vinhos e também um copo que, em boa verdade, pode encher as vezes que quiser sempre com a máxima de provar o que de tão diferente se faz num mesmo país. O copo, refira-se, é inteligente, já que através de um chip permite aos visitantes recordar exatamente o que provaram.
Quem vai lá estar? Vão marcar presença 50 produtores de diferentes regiões do país, ainda que haja algumas surpresas a chegarem do estrangeiro.
Onde é? No ano passado, o Adegga WineMarket ocupou o Altis Grand Hotel, em Lisboa, mas este ano o local não está, por enquanto, completamente fechado. O conselho é ficar atento e, tal como nós, ir consultando o site oficial do evento.
Quanto custa? O bilhete de entrada, que dá acesso ao já referido copo, é de 15€, sendo que há ainda um bilhete de loja no valor de 40€ — corresponde a vales de compra válidos na loja do Adegga WineMarket.

Hotel Florida, Lisboa, Ricardo Bernardo, SUM15, Summer, adegga winemarket,

No Adegga WineMarket, o copo inteligente regista todas as provas (foto: ©Ricardo Bernardo)

Artigo atualizado às 13h00 do dia 19 de setembro com informações sobre o Mercado dos Vinhos, no Campo Pequeno.