Manhattan prepara-se para ganhar um novo marco arquitetónico — “Vessel“, uma elaborada estrutura geométrica, que pode muito bem ser considerada a torre Eiffel de Nova Iorque.

O projeto da ambiciosa construção foi revelado esta quarta-feira e é da autoria do arquiteto Thomas Heatherwick — da empresa de arquitetura Heatherwick Studio, responsável pelo pavilhão do Reino Unido Na Exposição Mundial de Shangai.

O arquiteto inspirou-se nos antigos vãos de escada indianos e a construção, com cerca de 46 metros de altura, consiste numa elaborada rede de escadas, tipo colmeia — com 152 lances de escadas interligados, 2400 degraus e 80 patamares.

Anunciada como a “peça central para o maior desenvolvimento da cidade de Nova Iorque desde o Rockefeller Center“, a empresa Heatherwick diz querer que as pessoas subam e explorem a estrutura, não que simplesmente a admirem.

Vessel vai elevar o público, oferecendo novas maneiras de olhar para Nova Iorque, Hudson Yards e ambos”, afirma Heatherwick.

A torre, a ser concluída no segundo semestre de 2018, faz parte do projeto Hudson Yards, de 25 mil milhões de dólares, que constitui o maior e mais caro projeto imobiliário nos EUA até à data.