O treinador do Manchester United, José Mourinho, pediu ao francês Paul Pogba que esqueça ter protagonizado a maior transferência do futebol mundial e se limite a jogar “o que sabe”.

No defeso, o Manchester United contratou à Juventus o internacional francês, de 23 anos, por 89 milhões de libras (cerca de 103,7 milhões de euros), um valor que Pogba não tem justificado nas primeiras exibições com a camisola do clube inglês.

“A maior transferência do mundo é uma questão que estará sempre em aberto até que alguém bata o recorde. Por vezes, há quem pague 20, 30 ou 40 [milhões de libras] e que faça negócios mais rentáveis do que o de Pogba, se tivermos em conta a diferença entre o investimento e o retorno”, disse José Mourinho aos jornalistas.

Neste sentido, o técnico português pediu ao médio francês que esqueça os valores da sua transferência e “jogue o que sabe, o seu futebol”.

“[Disputou] A final do Euro2016, não teve pré-época, gozou umas férias e chegou a Manchester. É normal que, depois do primeiro jogo [vitória por 2-0 sobre o Southampton], sofra uma ligeira quebra. Continuo a confiar muito nele, porque sei o jogador que é em campo”, elogiou Mourinho.

O técnico dos ‘red devils’ acrescentou que Pogba “é um jogador cheio de ambição”, pelo que o melhor momento de forma “surgirá naturalmente, em conjunto com a equipa”.

“A equipa melhora, Paul [Pogba] também melhora. Não há problema”, desdramatizou José Mourinho.

Em cinco dias, o Manchester United sofreu duas derrotas. A primeira, a 10 de setembro, no ‘clássico’ que abriu a quarta jornada da liga inglesa com o Manchester City, que foi a Old Trafford vencer por 2-1.

Na quinta-feira, o Manchester United perdeu no terreno do Feyenoord por 1-0, na jornada inaugural do Grupo A da Liga Europa.