A banda Xutos e Pontapés vai ser cabeça de cartaz na Receção ao Caloiro da Universidade da Beira Interior (UBI), na Covilhã, que este ano se realiza entre os dias 16 e 22 de outubro, anunciou a organização. “É uma escolha que vai de encontro às sugestões dos estudantes, porque este foi um grupo muito pedido e depois porque estamos a falar de uma banda intemporal que agrada a diferentes faixas etárias e que certamente trará à receção muitas pessoas da cidade e da região”, afirmou, em declarações à agência Lusa, a presidente da AAUBI, Francisca Castelo Branco.

O cartaz da tradicional festa dos estudantes, que é organizada pela Associação Académica da UBI (AAUBI), englobará ainda vários outros artistas nacionais de diferentes estilos musicais e integra algumas das sugestões apresentadas pelos estudantes. Sem querer especificar qual o valor global do orçamento, Francisca Castelo Branco sublinhou que a organização continua a apostar numa “gestão rigorosa e com base na estabilidade financeira” daquele organismo.

O evento arrancará no dia 16 de outubro, com a tradicional Serenata, este ano a cargo do grupo de fados Os Trovadores. Na noite seguinte atuam o organista e acordeonista Virgílio Faleiro e ainda Quim Barreiros. No dia 18, há a eleição do Miss & Mister AAUBI, a atuação dos humoristas João Paulo Sousa e Joel Rodrigues e da banda HI-FI Energy Music. Dia 19, sobem ao palco as tunas As Moçoilas, Encanta Tuna, Ca Tuna aos Saltos, Tuna-Mus e Já b’UBI & Tokoskopus, seguindo-se os Insert Coin. Linda Martini atua no dia 20 e no dia 21 está agendada a atuação de Emanuel. A última noite, dia 22, está reservada para os Xutos e Pontapés.

Os espetáculos realizam-se todos no pavilhão de exposições da Associação de Lanifícios (ANIL) e no final de cada noite há animação com DJ’s. Os bilhetes diários variam entre os dois e os 15 euros e o bilhete geral custa 27,50 euros para os sócios, 35 euros para estudantes e 40 para não estudantes.

Para dia 16, está ainda prevista a realização da iniciativa “Art’UBI”, a realizar junto à Câmara Municipal e na qual os estudantes dos cursos ligados à área das artes apresentarão, através de um circuito pedonal, vários trabalhos da sua autoria.