Viral

“Pen-Pineapple-Apple-Pen” é o novo sucesso da Internet. Cuidado: é uma música contagiosa

426

Prepare-se: está para chegar um terramoto que promete ter magnitude tão elevada como Gangnam Style. A internet foi tomada de assalto pela canção de um asiático. E (adivinhe?) a letra não faz sentido.

YouTube

Este artigo não é apenas sobre uma música. O texto que está prestes a ler é sobre uma infeção que se está a disseminar pela Internet fora e que tomou de assalto os auriculares do mundo inteiro. Lembra-se da febre causada por “Gangnam Style”? Aqui a praga é mais ou menos a mesma: um asiático de estilo peculiar, uma letra com conteúdo um tanto ou quanto – como dizê-lo? – pateta e uma dança contagiante. Criado há quatro dias e já com 7.8 milhões de visualizações, o YouTube apresenta “PPAP”, a próxima tempestade das pistas nas discotecas.

No princípio desta potencialidade viral está o nome. “PPAP” é a sigla para “Pen-Pineapple-Apple-Pen” – em português caneta-ananás-maçã-caneta – e na origem desta expressão está, bem… nada. Quem o dizer é o próprio autor da música, o comediante japonês Kazuhiko Kosaka, que nesta música veste a pele de um DJ chamado Piko-Taro. Mas o “nada” chega para Justin Bieber escrever no Twitter que este é o seu vídeo preferido do YouTube.

Mas o vídeo não tem mais do que um minuto. Na verdade, não precisa de mais. Bastou ficar disponível no YouTube para se espalhar como aguarela em água no Facebook. E não só: se no canal dos vídeos ele tem tantos triângulos carregados, no canal do 9GAG já tem mais de 44 milhões de visualizações. Foi precisamente no 9GAG que também começaram as primeiras paródias à canção. E as brincadeiras já chegaram ao mundo da marca da maçã mordida: o que pensaria Steve Jobs do nome “Apple Pen” depois de um fenómeno como este?

E enfim, chegou o momento de ouvir a música. Devemos avisá-lo que está por sua conta e risco. Não nos responsabilizamos se ficar com a letra (?) na cabeça ou se começar a dançar descontroladamente no meio do autocarro. Fica o aviso. O vídeo está aqui em baixo.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mlferreira@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)