Quatro pessoas morreram e pelo menos 20 estão desaparecidas na sequência de um naufrágio registado na terça-feira na baía de Inhambane, sul de Moçambique, informa hoje o jornal Notícias, diário de maior circulação no país, citando as autoridades marítimas.

Segundo o jornal, dez pessoas foram salvas do naufrágio, mas duas encontram-se em estado grave, receando-se que mais de duas dezenas se encontrem desaparecidas.

O desastre deu-se quando a embarcação virou numa altura em que se preparava para acostar à ponte cais da cidade da Maxixe, proveniente da cidade de Inhambane, capital da província com o mesmo nome.

Fontes da administração marítima referem que viajavam no barco mais de 40 pessoas face a 35 de capacidade de lotação da embarcação.

A maioria das vítimas do naufrágio, que aconteceu num momento em que fazia vento forte, são estudantes e funcionários públicos, que regressavam a casa.