Brad Pitt e Angelina Jolie chegaram a acordo temporário sobre a custódia dos seis filhos, apenas uma semana após o anúncio do divórcio.

De acordo com o TMZ, Angelina Jolie recebeu a guarda total dos seis filhos do casal. Pitt irá, alegadamente, ter o direito de visita, mas a primeira será vigiada por um terapeuta que, depois, decidirá se permite que as próximas visitas sejam sem vigilância. Além disso, Brad Pitt terá de se submeter a testes de álcool e drogas, depois de Jolie o acusar de ter problemas com estas substâncias.

A família terá ainda de começar a frequentar sessões de terapia. Jolie e Pitt vão ter sessões de aconselhamento individual, assim como sessões de grupo com os seus seis filhos.

O acordo, que deixou Jolie bastante feliz, é válido por cerca de três semanas antes do Department of Children & Family Services (DCFS) poder impor novas regras ou levar o caso para tribunal, se assim for necessário.

Depois de mais de 10 anos juntos, Angelina Jolie pediu a separação de Brad Pitt e a guarda dos seis filhos do casal: três adotados, Maddox (Camboja), Pax (Vietnã) e Zahara (Etiópia), e três biológicos — Shiloh e os gêmeos Knox e Vivienne.