As conversações bilaterais entre os Estados Unidos e a Rússia em relação ao conflito na Síria, foram suspensas, noticiou hoje a AP, citando fonte oficial do Departamento de Estado norte-americano. Este anúncio surge dias depois da ameaça feita pelo secretário de Estado, John Kerry, de que os contactos seriam suspensos se ocorressem novos ataques em Aleppo.

Na mesma comunicação citada pela AP, o Departamento de Estado afirma que a Rússia não cumpriu os termos do acordo estabelecido no mês passado para restaurar o cessar-fogo de forma a garantir o abastecimento de bens humanitários às zonas mais afetadas pelos conflitos.

Ao mesmo tempo que esta suspensão das conversações foi anunciada, os EUA confirmaram também que que vão retirar pessoal que tinha sido enviado para integrar um centro russo-americano a estabelecer na zona, que iria coordenar operações militares e recolha de informação, caso o cessar fogo tivesse sido concretizado. Ainda assim, o diálogo entre os dois países no campo das operações contra-terrorismo na Síria vão continua.