Certamente já passou largos minutos, por vezes horas, à espera da sua vez numa repartição pública ou até num restaurante da moda. Obviamente, imagina o confortável que seria passar por esse mesmo suplício sentado numa cadeira eléctrica e autónoma, que fosse avançando por si própria, respeitando sempre o seu lugar da fila e, sobretudo, sem deixar que ninguém lhe passasse à frente. E, já que estamos a pedir algo que até parece impossível, que tal se essa mesma cadeira fosse instalada no escritório ou numa sala de reuniões e se arrumasse sozinha assim que o meeting terminasse? As suas preces foram ouvidas e a Nissan tratou de tudo.

Já que estava com a mão na massa, que é como quem diz, a desenvolver o seu automóvel eléctrico autónomo, os técnicos da Nissan resolveram testar a tecnologia que estão a aprumar para os seus veículos sem condutor, mas em cadeiras. Parece estranho, mas nós explicamos.

Os automóveis autónomos vão ser capazes de se deslocar do ponto A ao ponto B sem intervenção do condutor e, aí chegados, vão ser capazes de encontrar um lugar para estacionar e realizar a operação sozinhos. Se este é o futuro, por que não conceber, já hoje, uma cadeira capaz de realizar funções substancialmente mais simples, mas a proporcionar igualmente um maior conforto?

Primeiro, os engenheiros japoneses conceberam a Intelligent Parking Chair, uma cadeira de escritório eléctrica, que se programa para um determinado lugar de “estacionamento”. Quando é abandonada pelo seu utilizador fora do sítio, a cadeira recorre a quatro pequenas câmaras de vídeo – montadas no tecto e destinadas a fornecer informação via wifi a todo o mobiliário inteligente – para determinar a sua posição e o melhor trajecto para regressar ao lugar pretendido. Tudo isto sem chocar com o restante mobiliário, com as outras cadeiras eventualmente em movimento ou até atropelar peões, que é como quem diz, os seus colegas de escritório.

E, se for necessário ir buscar cadeiras à sala do lado para sentar mais uns convidados, acabou a sempre penosa operação de carregar com as pesadas cadeiras, pois elas passam a vir sozinhas e pelo seu pé. Ou melhor, rodas. Tudo graças aos sistemas de condução autónoma que estão a ser desenvolvidos para os veículos da marca. Veja o vídeo e vai ver como funciona na perfeição.

[jwplatform UQpTq1LE]

Se a Intelligent Parking Chair não o satisfaz, então o que nos diz da ProPilot Chair que, até ao próximo mês de Dezembro, vai começar a equipar uma série de restaurantes no Japão? Recorrendo igualmente às soluções que estão a ser criadas para os veículos autónomos, a cadeira ProPilot torna as esperas intermináveis numa experiência menos stressante e desconfortável, permitindo, a quem não tem alternativa, esperar pela sua vez sem estar de pé e, sobretudo, sem discutir com aqueles que também aguardam a vez, mas nem sempre respeitam a ordem… O vídeo fala por si.

[jwplatform bcdmKnhb]