Tendo por base o maior dos SUV da Hyundai, o preparador norte-americano Bisimoto decidiu conceber uma versão particularmente radical e desportiva do tradicionalmente familiar Santa Fé. À qual, fruto das novas características do veículo, alterou inclusivamente o nome, para um mais apropriado… Santa Fast.

Este novo SUV tornado desportivo foi já sancionado pela própria marca sul-coreana que, certamente agradada com o trabalho da Bisimoto, pretende agora exibir o modelo na edição deste ano do salão de componentes automóveis e pós-venda (SEMA) que tem lugar em Las Vegas, EUA.

Quanto ao Santa Fast é de destacar o facto de os engenheiros da Bisimoto terem optado por colocar debaixo do capot, ao invés do tradicional quatro cilindros 3,3 litros V6 com que o modelo é comercializado no mercado norte-americano, um mais pujante 3,8 litros V6 importado da submarca Genesis, que além de montado longitudinalmente, conta ainda com dois turbos, intercooler e toda uma série de alterações.

Graças ao trabalho operado pelo preparador neste bloco, o V6 passa a anunciar uma potência máxima de 1.040 cv, descarregada na totalidade no eixo traseiro, com a ajuda de uma caixa manual de seis velocidades.

Como forma de aproveitar um tal potencial, o Santa Fast vem equipado com rodas de 19″ e pneus Toyo R888 de medidas 265/35, ficando a responsabilidade de parar “a besta” a cargo de discos de travão com pinças de quatro pistões.

Já em termos de alterações estéticas, no exterior, apenas uma decoração mais desportiva e uma nova grelha frontal, sendo que, no interior, as novidades vão para a colocação de uma roll cage e de bancos Momo Daytona Evo de competição, com cintos de segurança com quatro pontos de fixação.