Donald Trump usa o Twitter diariamente para disparar em todas as direções. Hillary Clinton é o alvo preferido (ou não fosse a sua adversária direta na corrida à presidência norte-americana), mas quase ninguém escapa à ira do candidato republicano à Casa Branca.

Jornais — especialmente o próprio New York Times –, programas de televisão, o presidente Obama, o próprio sistema norte-americano, os seus adversários republicanos, entre outros. A lista é extensa. Duzentas e setenta e três, para ser mais preciso. É a lista de “pessoas, sítios e coisas que Donald Trump já insultou no Twitter”, compilada pelo jornal nova-iorquino New York Times, e em permanente atualização.

Entre a lista, encontram-se candidatos presidenciais democratas e republicanos, políticos das duas forças políticas, jornalistas, comentadores e empresas de comunicação social, organizações políticas, celebridades e pessoas menos conhecidas, e até lugares. Mais: nem o microfone do debate presidencial escapou.

Veja aqui a lista, em permanente atualização, no site do New York Times.

nyt