O Prémio Nobel da Economia de 2016 foi esta segunda-feira atribuído a Oliver Hart e Bengt Holmström, dois professores de universidades norte-americanas que estudam a teoria dos contratos, isto é, o estudo sobre como os contratos de trabalho e outros são construídos para servirem de base para as relações económicas.

Oliver Hart, nascido no Reino Unido, é professor de Harvard. Já Holmström, finlandês, é do MIT (Massachusetts Institute of Technology).

A Academia Real Sueca quis premiar a investigação sobre os contratos, um agente crucial para a organização económica das sociedades modernas. “As novas ferramentas teóricas criadas por Hart e Holmström são valiosas para compreender os contratos e as instituições na vida real, bem como potenciais fracassos na conceção de contratos”, pode ler-se no comunicado de imprensa que anuncia a decisão.