O Presidente da República afirmou que não fará nenhum comentário sobre o Orçamento do Estado para 2017 até à votação final global, adiantando que possivelmente falará ao país depois de receber o diploma.

“Eu não comento nada sobre o Orçamento até à votação final global. Portanto, vão ter de sofrer até ao dia 29 de novembro. Eu não vou comentar nenhuma medida”, declarou Marcelo Rebelo de Sousa, em resposta aos jornalistas.

O chefe de Estado, que falava durante uma visita ao Centro Helen Keller, em Lisboa, acrescentou: “Quando [o diploma] chegar a Belém, eu naturalmente, como sabem, com rapidez – como aconteceu já em relação ao Orçamento para 2016 – analisarei e falarei porventura ao país, a dizer o que penso do Orçamento. Até lá, não”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR