Um problema no travão de estacionamento levou a Toyota a anunciar que irá chamar à oficina 340 mil unidades do novo Prius. A medida abrande modelos produzidos entre Agosto de 2015 e Outubro de 2016, vendidos nos quatro cantos do mundo: 210 mil no Japão, 94 mil na América do Norte e os restantes 36 mil distribuídos pela Europa, Austrália e outras regiões do globo.

Em Portugal há 109 veículos afectados por esta falha, cuja resolução não acarreta qualquer custo para o cliente e demora apenas cerca de 30 minutos.

Segundo a explicação avançada pela Toyota Portugal para o sucedido, o Prius está equipado “com um travão de parque do tipo pedal, accionado pelo pé do condutor”. Com o uso, o cabo e a respectiva fixação podem soltar-se, levando a que o travão de parque fique inoperacional. “Se o travão de parque se soltar e a transmissão estiver numa posição que não seja P (de Parque) com a ignição ligada, a viatura pode deslocar-se”, admite o fabricante japonês.

A Toyota adianta ainda que, no Japão, não há registo de acidentes relacionados com esta questão, mas escusou-se a comentar se quaisquer outros sinistros poderão ter ocorrido noutras paragens.