O Presidente da República felicitou este sábado o ex-ministro Jorge Moreira da Silva pela sua nomeação para a OCDE, considerando que “é mais uma prova da qualidade dos portugueses” e “motivo de júbilo” para Portugal.

“É mais uma prova da qualidade dos portugueses e um motivo de júbilo para Portugal. Depois de um concurso internacional com nove meses de duração, o Dr. Jorge Moreira da Silva foi nomeado diretor-geral para a Cooperação e Desenvolvimento junto da OCDE”, assinalou o chefe do Estado.

Numa mensagem disponível na página da Presidência da República, Marcelo Rebelo de Sousa acrescentou que a escolha “é motivo de orgulho, de alegria e das efusivas felicitações por parte do Presidente da República”.

O ex-ministro do Ambiente de Portugal, Jorge Moreira da Silva, foi nomeado diretor-geral de Desenvolvimento e Cooperação da OCDE e assim deixará os cargos políticos que ocupa em Portugal, noticia este sábado o semanário Expresso.

O Expresso refere ainda que Moreira da Silva — até agora primeiro vice-presidente de Passos Coelho e deputado social-democrata na Assembleia da República — vai fixar residência em Paris e que a nomeação para diretor-geral da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) foi decidida há duas semanas.

Apesar de a candidatura do social-democrata ao cargo da OCDE ter sido individual, a mesma contou com o apoio do ministro dos Negócios Estrangeiros e com as diligências do embaixador Paulo Vizeu Pinheiro, representante de Portugal na organização, indica o semanário.

Em declarações ao Expresso, Moreira da Silva referiu que o processo de seleção foi “longo, exigente e muito competitivo” e que está muito “satisfeito com o resultado e com a possibilidade de voltar a participar ativamente, a nível internacional, nas políticas de desenvolvimento e cooperação, proteção ambiental e combate à pobreza”.

O cargo de diretor-geral de Desenvolvimento e Cooperação é o nível de direção mais elevado da OCDE e reporta diretamente ao secretário-geral da organização.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR