O Sporting de Braga não conseguiu melhor que um empate, em Konya, comprometendo um pouco as suas aspirações no grupo H da Liga Europa, para o qual o Shakhtar, treinado por Paulo Fonseca, goleou o Gent. Com terceira vitória, em três jogos, a equipa ucraniana treinada pelo antigo técnico do Sporting de Braga está perto do apuramento, tal como a Fiorentina, de Paulo Sousa, que, para o grupo J, venceu o Slovan Liberec.

Depois do 5-0 imposto pelo Shakhtar Donetsk em Lviv ao Gent e do 1-1 entre o Konyaspor e bracarenses, o grupo pende para os ucranianos, que chegam aos nove pontos e são seguidos pelos turcos, com quatro pontos, e minhotos, com dois.

O único golo dos ‘arsenalistas’ foi apontado pelo egípcio Hassan, que assim quebrou um ‘jejum’ de 15 jogos. Na primeira parte, a equipa de Konya adiantara-se aos nove minutos, por Milosevic.

Além do Shakhtar, apenas o Schalke 04, no grupo I, chega ao terceiro triunfo, com 1-0 em Krasnodar, golo do ucraniano Konoplyanka.

O Hapoel Beer’sheva, com Miguel Vítor na equipa, perdeu em casa com o Sparta de Praga, 1-0, enquanto que o Osmanlispor, com Tiago Pinto no ‘onze’, impôs um empate ao Villareal, 2-2, depois de ter chegado à meia hora com vantagem de dois golos.

Standard de Liége, com Orlando Sá, e Panathinaikos, com Zeca, equivaleram-se e emparam na Bélgica, também por 2-2.

Sem João Mário na equipa, o Inter deu um ‘pontapé na crise’, ao ganhar por 1-0 ao Southampton, mas sofreu bastante para segurar a vantagem, nomeadamente no último quarto de hora, em que teve de jogar com um a menos.

A terceira jornada da fase de grupos da Liga Europa prossegue hoje à noite, com mais 12 jogos, entre os quais a receção do Manchester United, de José Mourinho, ao Fenerbahçe, e a do Olympiacos, de Paulo Bento, ao Astana.