TheFork Fest? O que é?

Chamemos-lhe uma espécie de Restaurant Week 2.0. Até porque quem organiza é a mesma empresa: a plataforma de reserva e avaliação de restaurantes TheFork. Mas se a intenção é semelhante — proporcionar experiências em restaurantes a preços bem mais simpáticos que o habitual –, as condições são diferentes: em vez de um menu fixo por 20€, os restaurantes aderentes vão fazer um desconto de 50% em toda a carta, excluindo bebidas. Isto, claro, durante um período limitado: de 26 de outubro a 13 de novembro (sendo que de 26 de outubro a 1 de novembro a promoção é exclusiva para clientes Millennium BCP)

A que se deve?

“Uma das críticas que mais temos ouvido em relação à Restaurant Week é que o cliente é obrigado a comer o menu que é imposto, sendo que certos restaurantes vão buscar produtos que não usam habitualmente para poder baixar o preço”, explica Sérgio Sequeira, country manager da TheFork para Portugal. Assim, é natural que a experiência em determinados restaurantes seja (ou possa ser) afetada por isso mesmo.

No TheFork Fest esse problema já não se põe. O desconto é válido para toda a ementa que estiver em vigor neste período. Ou seja, e partindo do princípio que os restaurantes aderentes não vão mudar a dita só para o efeito, o cliente vai ter uma refeição em tudo semelhante à de um dia normal. Só que com desconto. Um belo desconto. “Este é um evento que a TheFork já organizou, por exemplo, em Itália. E com muito sucesso”, diz Sérgio. É fácil perceber porquê.

Que restaurantes participam?

Quando a esmola é grande o pobre desconfia, certo? O ditado também é válido para este tipo de ações. Quando se fala em descontos — e tendo em conta as margens apertadas da restauração — o mais provável é vê-los associados a restaurantes de qualidade duvidosa. Mas os responsáveis do TheFork fizeram um esforço para que tal não acontecesse: “Fomos às estatísticas do site ver que restaurantes eram mais procurados e contactámo-los para fazer parte do evento”, revela Sérgio.

E de facto, a lista cedida em primeira mão ao Observador apresenta alguns nomes reputados, especialistas em diferentes tipos de cozinha: Restaurante do Chefe Cordeiro, Sea Me – Peixaria Moderna, Prego da Peixaria, The Decadente Restaurante & Bar, Arola, Café de São Bento, Carnalentejana, Moules & Beer, Moules & Gin, Midori, The Old House, O Nobre, Bastardo, Faz Figura, Faz Gostos ou Casa Galega. Isto em Lisboa. Já no Porto contem-se com nomes como The Blini, Gull, Antunes, Moules & Jugs, Coma, DeCastro Gaia, Em Carne Viva, éLeBê, Góshò ou Sushi&Douro. A lista completa pode ser consultada no site dedicado ao evento: aqui pode aceder aos restaurantes lisboetas, aqui aos de Cascais e aqui aos portuenses.

Como se pode reservar?

As reservas de mesa devem ser feitas exclusivamente via TheFork. E é importante referir que os restaurantes não têm a lotação toda disponível para o evento. “Pedimos 50% da capacidade, mas alguns deram-nos menos”, confirma Sérgio. Resumindo: não convém deixar para amanhã o que se pode reservar hoje.

O quê: The Fork Fest
Quando: De 26 de outubro a 13 de novembro (até 1 de novembro período exclusivo a clientes Millennium BCP)
Onde: Em cerca de 100 restaurantes de Lisboa e Porto
Site: TheFork Fest Lisboa / TheFork Fest Cascais / TheFork Fest Porto