536kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 32.99/mês aqui.

Lourinhã começa a construir Parque Jurássico em 2017

Este artigo tem mais de 5 anos

A famosa capital dos dinossauros começa, passados vários anos de especulação, a construir o seu Parque Jurássico que terá como atração principal a exposição de réplicas de dinossauros em tamanho real.

O início de construção do Parque Jurássico está previsto para 2017
i

O início de construção do Parque Jurássico está previsto para 2017

O início de construção do Parque Jurássico está previsto para 2017

Passados vários anos de especulação, avanços e recuos, é finalmente aprovado o projeto de construção de um Parque Jurássico na Lourinhã, vila conhecida por ser a capital dos dinossauros. Na passada quinta-feira o município fez o anúncio na sua página oficial de Facebook do Município.

De acordo com o site da autarquia, o projeto foi aprovado no início desta semana, tendo já sido assinado o contrato de financiamento para a criação de um parque temático de dinossauros pelo Parque dos Dinossauros da Lourinhã, Lda (PDL). O PDL pertence a uma empresa do grupo alemão Dinosaurier-Park de Münchenhagen.

O projeto pretende ver rejuvenescido o turismo local, sendo por isso a construção do parque uma forma de contribuir para o desenvolvimento turístico da zona. Para que a construção do projeto tenha sido aprovada, foi feita uma parceria e cooperação entre a PDL, que é o promotor do projeto, entre a Câmara Municipal da Lourinhã, que é a detentora dos terrenos, entre o Grupo de Etnologia e Arqueologia da Lourinhã (GEAL) e, por fim, o Museu da Lourinhã, que conta já com um vasto espólio de fósseis, bem como conhecimento científico.

O edifício central terá uma infraestrutura comercial, um laboratório de preparação e uma exposição museológica de fósseis e réplicas de dinossauros da região. Apesar de as obras começarem apenas em 2017, a preparação da área irá começar ainda no decorrer deste mês, segundo as informações dadas pelo site do município.

Paralelamente, também para 2017, será construído um museu ao ar livre com figuras realistas. A abertura ao público é apontada para o ano de 2018.

BeFunky Collage

Numa fase inicial, pretende-se que o Parque ocupe um espaço de 10 hectares dos 36 que foram concedidos. O Parque vai situar-se nos terrenos onde antes existia a antiga lixeira do município.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.