Portugal registou, em 2015, o terceiro maior défice do Produto Interno Bruto (4,4%) da União Europeia (UE) e a segunda maior dívida pública (129%), revela esta sexta-feira o Eurostat. Segundo o gabinete oficial de estatísticas da UE, os 4,4% de défice português foi o terceiro maior depois do que foi registado pela Grécia (7,5%) e por Espanha (5,1%).

Outros três Estados-membros apresentaram défices acima dos 3% do PIB: o Reino Unido (4,3%), a França (5,1%) e a Croácia (3,3%).

Já no que respeita à dúvida pública, a Itália foi o país que apresentou o maior rácio (177,4% do PIB), seguindo-se Portugal (129%), Chipre (107,5%) e Bélgica (105,8%).

O Luxemburgo (1,6%) e a Alemanha (0,7%) apresentaram excedentes orçamentais em 2015 e os menores défices, em relação ao PIB, foram registados na Lituânia (0,2%), na República Checa (0,6%), na Roménia (-0,8%) e na Áustria (1,0%). Os menores níveis de dívida pública foram identificados na Estónia (10,1%), no Luxemburgo (22,1%), na Bulgária (26,0%), na Letónia (36,3%) e na Roménia (37,9%).

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A zona euro apresentou em 2015 um défice de 2,1% e uma dívida de 90,4% do PIB, enquanto a UE registou um défice de 2,4% e uma dívida de 85%.

Recorde-se que Portugal e Espanha estão sob um procedimento por défice excessivo com a possibilidade de serem suspensos os fundos estruturais e de investimentos a ambos os países, tendo a multa sido suspensa.