Será na galeria de arte Artipelag, em Estocolmo, que a Mercedes-Benz vai desvendar o seu primeiro modelo destinado ao cada dia mais concorrido e agitado segmento das pick-ups. O evento está marcado para as 17h30 de Portugal continental, contará com a presença de algumas das principais figuras da administração da marca (incluindo o seu presidente, Dieter Zetsche) e destina-se não só a revelar o veículo (ainda na forma de protótipo), como a dar a conhecer a estratégia de produto global da casa de Estugarda.

Para já, a nível oficial, só foi revelado um teaser e um esquisso que ilustra a silhueta desta nova pick-up. Mas é já sabido que a base é a mesma da Nissan Navara, e que a produção terá lugar, lado a lado com a Renault Alaskan, nas fábricas que a marca japonesa possui em Espanha (Barcelona) e na Argentina (Córdoda).

[jwplatform Mp9HbWzS]

A chegada aos mercados europeu, sul-africano, australiano e da América Latina deverá ter lugar já em 2017, sendo que no Velho Continente a gama de motores disponíveis não deverá diferir muito do conhecido da Navara, assente nas várias versões disponíveis do motor turbodiesel de quatro cilindros em linha 2.3 dCi.

Já o início de comercialização nos mercados da América do Norte está ainda por definir, por via das taxas de importação que os EUA impõem (entre outros produtos) às pick-ups importadas, em resultado de uma antiga disputa com a Europa que, por seu turno, impõe idêntico imposto aos produtos aviários importados dos EUA.

Vai poder acompanhar aqui a apresentação do modelo na próxima terça-feira: