A organização da etapa portuguesa do circuito mundial de surf decidiu prolongar até domingo a espera por melhores ondas em ‘Point Frabil’, em Ferrel, quando ainda faltam disputar três baterias da ronda de repescagem.

Estava previsto para hoje um possível reinício da ronda cinco, às 16h45, mas foi prolongada até domingo com nova chamada às 08h00, que vai eventualmente promover os embates entre o taitiano Michel Bourez e o australiano Julian Wilson, entre o norte-americano Courtney Coffin e o francês Jeremy Flores, que tem sido um dos mais regulares na prova lusa, e entre o australiano Stuart Kennedy e o havaiano Sebastian Zietz.

No único heat da quinta eliminatória do Meo Rio Curl Pro Portugal, 10.ª e penúltima etapa do circuito, hoje disputado, o ‘Mineirinho’ somou 9,90 pontos (6,50 e 3,40), contra 7,57 (3,07 e 4,50) do australiano, avançando para os ‘quartos’, disputando o acesso às meias-finais frente ao norte-americano Kolohe Andino.

Antes, a organização da etapa lusa colocou a quarta ronda na água, novamente em Point Fabril, na freguesia de Ferrel, fase em que, além de Andino, também se qualificaram diretamente para os ?quartos’ o havaiano John John Florence, o sul-africano Jordy Smith e o brasileiro Miguel Pupo.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Com a eliminação precoce do brasileiro Gabriel Medina, campeão do mundo em 2014 e segundo na hierarquia, e do australiano Matt Wilkinson, terceiro do ranking, John John Florence pode conquistar o seu primeiro título mundial se chegar à final em Peniche, desde que o seu opositor nesse heat não seja Jordy Smith.

O período de espera do Meo Rip Curl Pro Portugal prolonga-se até 29 de outubro.