566kWh poupados com a
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Nadador Olímpico Mack Horton agradece a fã que o alertou para uma mancha estranha no peito

Este artigo tem mais de 5 anos

O nadador olímpico Mack Horton, de 20 anos, agradeceu nas redes sociais a um fã que lhe chamou a atenção para uma mancha estranha que tinha no peito. Horton submeteu-se a uma cirurgia para removê-la.

O nadador australiano Mack Horton removeu uma mancha que tinha no peito depois do alerta de um fã
i

O nadador australiano Mack Horton removeu uma mancha que tinha no peito depois do alerta de um fã

DEAN LEWIS/EPA

O nadador australiano Mack Horton removeu uma mancha que tinha no peito depois do alerta de um fã

DEAN LEWIS/EPA

Durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, no passado mês de Agosto, um fã reparou que Mack Horton tinha uma mancha estranha no peito e contactou de imediato a equipa olímpica de natação da Austrália.

Segundo o jornal The Independent, na semana passada Horton publicou uma fotografia no Instagram a agradecer à pessoa que o tinha avisado sobre a situação. A fotografia, acompanhada por uma mensagem destinada ao fã, mostrava o nadador olímpico a fazer um “like” para a câmara e nela via-se que tinha uma ligadura no peito.

Mack Horton, nadador australiano e vencedor da medalha de ouro nos 400 metros de estilo livre nos Jogos Olímpicos deste ano, submeteu-se uma cirurgia para remover o melanoma, mas não especificou se era ou não maligno. Apesar disso, mostrou-se muito agradecido ao fã que o tinha alertado.

Surgiram várias imagens do nadador ao longo da sua carreira que mostram que a mancha foi crescendo e tornou-se mais escura, dois sinais bastante comuns nos melanomas malignos.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.