Uma colisão entre um veículo ligeiro e uma viatura médica de emergência e reanimação (VMER) do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) causou esta terça-feira à tarde um morto e dois feridos em Ovar, revelou o comandante dos Bombeiros Voluntários.

O acidente deu-se na Estrada Nacional 109 e deixou em situação mais grave o condutor do ligeiro civil, que, apesar de transportado diretamente para o Hospital S. João, no Porto, já lá terá chegado sem vida.

Era um senhor de Ovar, residente em Válega”, contou à Lusa o comandante António Borges. “Quando chegámos ao local do acidente, ele estava encarcerado e já em estado bastante grave. Ainda o estabilizámos e foi logo para o S. João, mas na viagem acabou por não resistir”, acrescenta.

As duas outras vítimas da colisão foram o médico e o enfermeiro que se deslocavam na VMER afeta ao Hospital S. Sebastião, da Feira.

Esses dois indivíduos estavam em situação mais estável e agora estão a recuperar no Hospital da Feira”, informa o comandante da corporação.

No socorro às três vítimas do acidente, os bombeiros de Ovar contaram com três viaturas operacionais e equipamento próprio para desencarceramento, sendo que os esforços no local envolveram o trabalho de 13 homens.