Inventores holandeses revelaram desenvolvimento de um aspirador gigante, com o objetivo de ser usado no exterior, que contém um sistema que purifica e filtra partículas tóxicas que se encontram na atmosfera.

Segundo o The Guardian, Henk Boerson, porta-voz do Grupo Envinity que revelou a criação deste sistema inovador na Holanda, trata-se de “um filtro industrial que tem cerca de 8 metros e é feito de metal. Basicamente pode ser posto no cimo dos edifícios e funciona como um aspirador gigante”.

O grupo Envinity, de acordo com as informações reveladas à agência France-Presse, garante que este aspirador consegue sugar partículas num raio de 300 metros e até uma altitude de sete quilómetros. Afirma também que pode tratar e filtrar cerca de 800.000 metros cúbicos de ar numa hora e filtra as partículas finas a 100% e as ultra-finas a 95%. Estes resultados foram comprovados através de testes feitos, num protótipo, pelo Centro de Pesquisa de Energia da Holanda (Energy Research Centre of Netherlands – ECN).

“Uma grande coluna de ar consegue ser filtrada e sair completamente limpa”, declarou Boerson durante uma conferência na Holanda.

De acordo com a Agência Europeia do Ambiente, “as partículas finas são causadas pelas emissões de gases na queima de madeira e outros combustíveis, bem como de combustão industrial” e podem ter “efeitos prejudiciais para a saúde”. Já as partículas ultra-finas são libertadas pelas emissões dos veículos e podem “danificar o sistema nervoso e causar infeções”, informação avançada pelo jornal The Guardian.

Foi também criado um sistema de purificação de ar idêntico, chamado Smog Free Tower, e que foi instalado em Pequim, no passado mês de setembro, pelo holandês Daan Roosegaarde.