288kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Poupe na sua eletricidade com o MEO Energia. Simule aqui.

Morreu Michael Massee, o ator que matou acidentalmente o filho de Bruce Lee

Este artigo tem mais de 4 anos

O ator norte-americano morreu, na quarta-feira, aos 61 anos e as causas da morte ainda são desconhecidas. A sua morte foi anunciada por Anthony Delon, ator com quem Massee contracenou.

Michael Massee ficou conhecido pelo seu trabalho em cerca de 80 filmes e séries
i

Michael Massee ficou conhecido pelo seu trabalho em cerca de 80 filmes e séries

Michael Massee ficou conhecido pelo seu trabalho em cerca de 80 filmes e séries

O ator Michael Massee morreu esta quarta-feira aos 61 anos. Segundo o Hollywood Reporter, as causas da morte do ator norte-americano ainda não foram apuradas.

A notícia foi avançada por Anthony Delon, ator com quem Massee contracenou na série francesa “Interventions”, numa publicação da sua conta oficial no Instagram.

Durante as filmagens do filme O Corvo, em que interpretava a personagem Funboy, Michael Massee matou, acidentalmente, o filho de Bruce Lee, Brandon Lee.

Os atores estavam a gravar uma cena onde Michael tinha de disparar sobre Brandon, mas a arma que foi utilizada era verdadeira em vez de ser de borracha. Brandon Lee acabou por morrer depois de ser submetido a uma cirurgia, em 1993. O ator tinha 28 anos.

Michael Massee ficou conhecido pelo seu trabalho em cerca de 80 filmes e séries, entre os quais Sete Pecados Mortais, Dr. House e The X Files.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.