“Pizza”, conhecido como “o urso mais triste do mundo”, foi transferido do aquário onde vivia, no centro comercial chinês Grandview, para o parque onde nasceu, no norte da China. De acordo com o The Telegraph, a mudança é temporária e o urso polar vai ter de voltar ao local depois de serem feitas obras de renovação.

A transferência do urso polar para o habitat onde nasceu deu-se graças a uma petição assinada por mais de um milhão de pessoas, que defendem que o animal sofre possíveis perturbações psicológicas, por estar no mesmo local fechado e ser também alvo de selfies a toda a hora no centro comercial.

TOPSHOT - This picture taken on July 24, 2016 shows visitors taking photos of a polar bear inside its enclosure at the Grandview Mall Aquarium in the southern Chinese city of Guangzhou. A Chinese aquarium holding a forlorn-looking polar bear named Pizza said on September 20 it has "no need" for foreign interference, after activists offered to move the animal to a British zoo. / AFP / - (Photo credit should read -/AFP/Getty Images)

Peter Li, especialista em política chinesa na Humane Society Internacional (HSI), fez uma espécie de apelo ao The Telegraph: “Imploramos que o shopping faça com que isto seja um movimento permanente, porque nenhuma renovação possível pode fazer de um shopping um lugar adequado para este animal. Mandá-lo de volta seria cruel e desumano”.

Segundo o The Telegraph, Alastair Macmillan, veterinário da HSI, disse que “Pizza” demonstrava sinais de problemas psicológicos: “Este urso polar está a mostrar diversos comportamentos estereotipados, como balançar a cabeça repetitivamente, que é um sinal de frustração e mal estar”.

O centro comercial, em Guangzhou, no sudeste do país, organizou uma festa de despedida para o urso e disse que ia aguardar, em breve, o seu regresso.