O antigo piloto de Fórmula 3 Zak Brown foi nomeado esta segunda-feira diretor executivo da McLaren, substituindo o histórico “patrão” da escuderia britânica de Fórmula 1 Ron Dennis.

Zak Brown, que se notabilizou como piloto na década de 1990, deverá ser empossado no cargo em dezembro.

Estou imensamente orgulhoso por me juntar ao McLaren Technology Group (…) e poder dar o meu contributo para a próxima fase do seu desenvolvimento”, referiu, numa nota esta segunda-feira divulgada.

Depois de 35 anos à frente da McLaren, Ron Dennis foi forçado este mês a deixar o cargo por exigência dos acionistas do grupo. Dennis, de 69 anos, recebeu um ultimato por parte dos acionistas, que, numa reunião realizada a 15 de novembro, exigiram a sua demissão como presidente do Conselho de Administração e diretor-geral.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O britânico juntou-se à McLaren em 1980 e assumiu a sua liderança em 1981. Desde então, liderou a escuderia em vários períodos de domínio da Fórmula 1, que a tornaram na mais bem sucedida equipa da história depois da Ferrari. Sob a sua batuta, a McLaren ganhou dez títulos mundiais de pilotos, com Niki Lauda, Alain Prost, Ayrton Senna, Mika Hakkinen e Lewis Hamilton, e sete de construtores.

Dennis detém 25 por cento do Grupo McLaren, com o fundo de investimento Mumtalakat a deter 50 por cento. Os restantes 25 pertencem ao seu antigo amigo e parceiro de negócios de longa data Mansour Ojjeh, que se aliou aos investidores do Bahrein.