O Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, ameaçou, esta sexta-feira, abrir as fronteiras do país para deixar passar os migrantes que pretendem entrar na Europa. A ameaça do de Erdogan acontece um dia depois de o Parlamento Europeu ter aprovado o congelamento no processo da adesão da Turquia à União Europeia.

“Ouçam bem: Se forem mais longe, estas fronteiras abrir-se-ão. Ponham isso na vossa cabeça”, acentuou o Presidente turco num discurso proferido em Istambul.

Ancara e Bruxelas celebraram um acordo em março passado que permite barrar o fluxo de refugiados para as ilhas gregas.