Joe Corre, filho do empresário dos Sex Pistols Malcolm McLaren e da estilista Vivienne Westwood, queimou objetos e roupa da banda avaliados entre cinco e dez milhões de libras, no 40º aniversário do single “Anarchy in the UK” celebrados numa cerimónia em Londres. Foi uma forma de protesto contra aquilo em que o punk se tornou.

O El Español conta que, entre os artigos queimados, estão também bonecos, feitos de pano e papel, de figuras políticas importantes no Reino Unido como David Cameron, Theresa May e Tony Blair.

LONDON, ENGLAND - NOVEMBER 26: Joe Corre, the son of Vivienne Westwood and Sex Pistols creator Malcolm McLaren prepares to burn his entire £5 million punk collection on November 26, 2016 in London, England. Joe Corre burnt the rare punk memorabilia in protest saying punk has no solutions for today's youth and is 'conning the young'. (Photo by John Phillips/Getty Images)

LONDON, ENGLAND - NOVEMBER 26: Joe Corre, the son of Vivienne Westwood and Sex Pistols creator Malcolm McLaren (not in picture) burns his entire £5 million punk collection on November 26, 2016 in London, England. Joe Corre burnt the rare punk memorabilia in protest saying punk has no solutions for today's youth and is 'conning the young'. (Photo by John Phillips/Getty Images)

LONDON, ENGLAND - NOVEMBER 26: Joe Corre, the son of Vivienne Westwood and Sex Pistols creator Malcolm McLaren (R) burns his entire £5 million punk collection on November 26, 2016 in London, England. Joe Corre burnt the rare punk memorabilia in protest saying punk has no solutions for today's youth and is 'conning the young'. (Photo by John Phillips/Getty Images)

“O punk não foi criado para ser nostálgico”, contestou Joe Corre em frente de cerca de uma centena de pessoas na cerimónia junto à margem do rio Tamisa, em Chelsea. “O punk tornou-se uma ferramenta de marketing para vender às pessoas algo que elas não precisam”, referiu ainda.

Glen Matlock, guitarrista dos Sex Pistols, falou acerca do sucedido à Sky News, salientando apenas que esta atitude é “estúpida” e de uma pessoa “parva”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Os Sex Pistols ficaram marcados tanto por Malcolm McLaren, como por Vivienne Westwood: Malcolm trabalhou como empresário da banda e Vivienne foi a responsável pelo design da maior parte das roupas.