Os portugueses com 65 anos podem esperar viver, em média, mais 19,31 anos, segundo dados revelados e atualizados esta segunda-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), que têm como referência o período 2014-2016, a esperança média de vida aos 65 anos passou de 19,19 (2013-2015) para 19,31 (2014-2016), uma subida de 0,12 anos.

Para o período 2014-2016 o INE não tem ainda os dados desagregados por género.

Já no período 2013-2015, os dados do INE indicam que a esperança média de vida para as mulheres com mais de 65 anos era de 20,67 anos e para os homens de 17,32 anos.

Já à nascença, segundo dados das Tábuas de Mortalidade 2013-2015 divulgadas em setembro, a esperança média de vida dos portugueses é de 80,41 anos.

Os valores da esperança de vida à nascença para o período 2013-2015 foram estimados em 77,36 anos para os homens e em 83,23 anos para as mulheres, o que representa um ganho de 1,19 para os homens e de 1,04 anos para as mulheres, comparativamente com os valores estimados para 2008-2010.