Aquela sensação eterna de ter mãos e pés gelados em qualquer sítio que não dentro da cama não é impressão sua. Há mesmo quem lhe chame “frio crónico” e, antes de mais, é importante dizer que as mulheres tendem a sentir muito mais frio do que os homens. Ao conservarem mais calor em torno dos órgãos vitais, as extremidades (mãos e pés) das mulheres acabam por ficar frias. E como a temperatura das nossas extremidades tende a controlar a forma como o resto do corpo se sente, é possível que nos sintamos geladas o dia todo — menos na cama.

Esta informação foi dada por Roshini Rajapaksa, professor na Escola de Medicina da Universidade de Nova Iorque, em resposta a um leitor da revista Health que questionou o médico sobre qual a razão para estar sempre com frio, mesmo quando os outros à sua volta não o sentem. E embora qualquer pessoa possa ter uma maior tendência natural para ter frio, há algumas razões que explicam esta sensação constante de estar gelado. E outras a que deve estar atento.

Ter baixa gordura corporal

Se tiver um índice de massa corporal abaixo de 18,5, está abaixo do peso recomendado. O site Bustle explica que ao ter menos gordura para isolar o corpo, fica-se mais vulnerável ao frio. O corpo também pode estar a produzir menos calor, uma vez que não trabalha com uma quantidade adequada de calorias.

Não estar a dormir o suficiente

Quando estamos cansados, o nosso metabolismo e circulação tendem a abrandar. Além disso, a fadiga diminui a atividade muscular e, como usar os músculos gera calor, deixa o corpo (ainda) mais frio no inverno. O jornal britânico Mirror acrescenta que, ao estar cansado, o corpo não consegue reabastecer os níveis de energia para combater o frio.

DETROIT, MI - JANUARY 6: A woman covers her face from the cold as the area deals with record breaking freezing weather January 6, 2014 in Detroit, Michigan. Michigan and most of the Midwest received their first major snow storm of 2014 last week and subzero temperatures are expected most of this week with wind-chill driving temperatures down to 50-70 degrees below zero. A "polar vortex" weather pattern is bringing some of the coldest weather the U.S. has had in almost 20 years. (Photo by Joshua Lott/Getty Images)

(Foto: Joshua Lott/Getty Images)

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Disfunção da tiroide

Ainda de acordo com a Bustle, pessoas com hipotiroidismo têm uma tiroide que não produz hormonas suficientes. E essas hormonas regulam várias funções corporais, como o metabolismo, os níveis de energia e — o que interessa neste tema — a temperatura corporal. Se se sente constantemente gelado/a, mesmo em sítios aparentemente quentes, uma ida ao médico pode ser importante para se fazer um check-up aos níveis da tiroide.

Estar desidratado

A água ajuda o corpo a reter o calor e a libertá-lo mais lentamente de forma a manter uma temperatura corporal confortável. Trabalhar num escritório com ar condicionado, fazer uma caminhada a pé no trajeto para o emprego ou simplesmente esquecer-se de beber água durante o dia são gestos que podem rapidamente desidratar o corpo. E quando o corpo está desidratado, os níveis de energia caem e, voilá, não consegue aquecer.

Três gestos instantâneos que ajudam a aquecer

Mostrar Esconder

Holly Phillips, médica e autora do livro “The Exhaustion Breakthrough”, refere três impulsionadores de calor:

  • Comer uma banana: A banana tem açúcares naturais e mais amido que a maioria dos outros frutos. Além de dar energia instantânea, também a liberta lentamente para manter o corpo a trabalhar,
  • Fazer este teste de pressão: junte a ponta do polegar com a ponta do dedo indicador, faça pressão durante dois minutos e liberte gradualmente. Este pequeno gesto vai estimular o fluxo de energia.
  • Seguir a aromaterapia: há alguns cheiros que estimulam o corpo, como alecrim, limão ou zimbro. Inalar algumas gotas destes óleos durante alguns segundos aumenta a energia do corpo.

Ter má circulação

Se as suas mãos e pés estão sempre gelados mas o resto do corpo até está confortável, isto pode significar que tem má circulação, o que impede o sangue de fluir para as extremidades. E há várias doenças que causam má circulação, desde os problemas de tiroide até cardiovasculares. Uma visita ao médico é, mais uma vez, recomendada.

Falta de ferro ou vitaminas B

Tanto o ferro como a vitamina B têm um papel importante na capacidade do corpo em regular a temperatura. E, na verdade, deficiências de ferro são, normalmente, as razões mais comuns para se estar constantemente com frio. A revista Health explica que uma deficiência de ferro significa que o corpo não tem glóbulos vermelhos suficientes para transportar o oxigénio para os tecidos corporais. Isso resulta em má circulação e, em consequência, muito frio. Já as vitaminas B são importantes porque ajudam o corpo a converter os alimentos em energia e, como já dissemos lá em cima, sem energia o corpo não consegue produzir calor.

Ter fome ou saltar refeições

Quando sentimos fome — aquele roncar no estômago –, isso significa que o nosso corpo já está a implorar por alimentos. Nessa altura o corpo entra num modo de piloto automático em que conserva energia e, por isso, produz menos calor. Pelo menos até voltar a comer, explica a Fox News.