O exército sírio conquistou o bairro Qadi Askar após ter já tomado os bairros Karm al-Myessar, Karm al-Qatarji e Karm al-Tahan, indica o Observatório Sírio para os Direitos Humanos. O grupo baseado no Reino Unido considera que os avanços deixaram o bairro de Shaar rodeado pelas forças do Governo e em risco de deixar de estar sob controlo dos rebeldes.

Com a captura de Shaar, o exército controlaria 70% do leste de Alepo, quatro anos depois de os rebeldes se terem apoderado da cidade. O diretor do observatório, Rami Abdel Rahman, disse que centenas de pessoas fugiram dos bairros recentemente recuperados.

O grupo estima que pelo menos 50 mil pessoas tenham trocado os bairros do leste por zonas sob o controlo curdo ou do Governo no oeste ou norte da cidade nos últimos dias.

O exército sírio iniciou uma nova ofensiva para recuperar Alepo a 15 de novembro e tem bombardeado o leste da cidade com ataques aéreos, bombas e fogo de artilharia deste então. Segundo o observatório, pelo menos 319 pessoas morreram nas ofensivas do Governo no leste de Alepo, incluindo 44 crianças.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O fogo dos rebeldes nas zonas oeste controladas pelo Governo matou 69 pessoas, incluindo 28 crianças, no mesmo período, indicou o grupo. Hoje, o Conselho de Segurança das Nações Unidas vota uma resolução para exigir um cessar-fogo temporário em Alepo.

Na província de Idlib, no noroeste da Síria, pelo menos 26 civis morreram em ataques que se suspeita serem de autoria russa, à cidade de Kafr Nabel, indicou também o Observatório Sírio para os Direitos Humanos.